Helinho
Foto: Ari Ferreira / RB Bragantino

Cinco atletas emprestados pelo Tricolor atuaram neste final de semana pela 11ª rodada do Brasileirão. Confira como foi o desempenho deles:

Sábado – 10 de Julho

Helinho / Athletico 2 x 2 RB Bragantino

Helinho foi titular no empate do Red Bull Bragantino contra o Athletico em Curitiba. O atacante teve o melhor desempenho entre os emprestados na rodada, alcançando a nota 7.3 segundo o SofaScore.

Nos 90 minutos em campo, Helinho teve 59 toques na bola, com uma eficiência de 70% nos passes, sendo três deles decisivos. O atacante ainda finalizou três vezes para fora e perdeu 18 posses de bola.

Tchê Tchê / América-MG 0 x 1 Atlético-MG

Tchê Tchê atuou os 90 minutos da vitória do Atlético-MG contra o rival América-MG. O volante teve a pior nota entre os titulares (empatado com Sasha), contribuindo com números modestos: 37 toques na bola, apenas 25 passes tentados, um corte e um desarme. O volante terminou o jogo com 9 perdas de posse e uma nota 6.5.

Júnior Tavares e Tréllez / Sport 1 x 2 Fluminense

A dupla começou entre os titulares na derrota do Sport Recife para o Fluminense. O lateral-esquerdo Júnior Tavares atuou os 90 minutos e teve uma participação maior na partida, contribuindo com 86% de precisão nos passes, sendo um deles decisivo e realizando três cortes, duas interceptações e dois desarmes. Segundo o SofaScore, o lateral terminou a partida com a nota 6.9.

Tréllez atuou por 77 minutos, aberto pelo lado direito do ataque do time do Recife e seus números foram: uma finalização no gol e outra para fora, dois passes decisivos, e sete perdas de posse de bola, que resultaram em uma nota 6.4.

Domingo – 11 de Julho

Danilo Gomes / Cuiabá 2 x 2 Ceará

O atacante foi titular no empate do Cuiabá com o Ceará SC e atuou por 61 minutos. Com a nota 6.3, Danilo teve um passe decisivo, e contribuiu com uma interceptação e um desarme, mas teve 14 perdas de posse de bola.

Post anteriorRacing News: Veja o provável time que deve vir ao Morumbi
Próximo PostVeja como ficou a tabela do Brasileirão após a 11ª rodada
Um dos fundadores do Arquibancada Tricolor, fã do M1TO Rogério Ceni e amante do bom futebol. Tenho perdido algumas horas de sono vendo NBA e NFL.