Diniz fica! Raí garante treinador no comando do SPFC após mais uma eliminação

Fernando Diniz é mantido como treinador do São Paulo após precoce eliminação da Libertadores

O São Paulo sofreu na noite dessa quarta-feira (30) a sua segunda eliminação no ano, dessa vez na Libertadores ao perder para o River Plate na Argentina pelo placar de 2×1. Com esse resultado, o Tricolor fica na 3ª colocação do grupo D e briga com o Binacional na última rodada por uma vaga na Copa Sul-Americana.

Depois do jogo, Raí concedeu uma entrevista ao Globo Esporte e foi questionado se Fernando Diniz permanece no cargo de treinador, o dirigente respondeu:

“Sim, com a comissão técnica, com o Diniz (segue). A gente sabe que tem muito trabalho, muita seriedade, muito conteúdo, mas a gente tem que melhorar. Tivemos duas competições nesta temporada, completamente atípicas com a pandemia. Tivemos duas competições (Paulista e Libertadores) e estamos fora”.

Ainda disse: “Eu conheço, sei o que é a Libertadores. Já venci e sei o que é isso. Sei a importância que tem para a torcida do São Paulo. São vários anos de xeque que o São Paulo vem passando, muita coisa para ser avaliada no clube, o nosso trabalho. Mas é um time grande e sempre vamos passar dessa fase, vamos voltar a vencer. Temos que seguir trabalhando, seguindo no caminho que a gente sabe que tem que tudo que foi feito até aqui nesse último ano do Diniz. A gente sabe que tem muita coisa a melhorar e tem capacidade para melhorar”, explicou Raí que, como jogador, foi bicampeão da Libertadores com o São Paulo, conquistando os títulos de 1992 e 1993.

No que se refere a avaliar o trabalho feito até o momento, Raí afirmou:

“Não foi só uma derrota, foi uma desclassificação que dói bastante na gente. É amarga. Tem que saber que quando não se consegue um objetivo tem erros, a gente tem que rever. Mas também tem trabalho, muita coisa importante que foi feita até agora e que a gente acredita que pode evoluir. Mas é um momento de tristeza, reflexão, avaliação, mas seguimos com o trabalho. Sabemos que tem muito trabalho até aqui. Têm coisas boas, mas que não foram suficientes e a gente tem que melhorar”.

Fernando Diniz completou um ano no comando do São Paulo no último dia 26. Confira um retrospecto desse período clicando aqui.

O que resta ao Tricolor é o Campeonato Brasileiro que já está em andamento e, atualmente, o time está na 3ª colocação da tabela com 19 pontos. Já a Copa do Brasil começará em breve e o sorteio das partidas das oitavas de final acontece hoje (01). Veja quem pode ser o adversário do São Paulo clicando aqui.

O dirigente são-paulino também comentou sobre essas competições:

“Temos a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro [está na terceira posição], então temos que acreditar nisso e o São Paulo tem que vencer e pensar em melhorar para ter mais condições, capacidade, chance de conquistar os títulos. Então temos duas chances nessa temporada que é a Copa do Brasil e o Brasileiro”.

O próximo jogo do Tricolor é contra o Coritiba pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, no domingo (04/10), às 16h, no Couto Pereira. Já pela Libertadores, o São Paulo enfrenta o Binacional, no Morumbi, dia 20 de outubro, pela última rodada da fase de grupos Libertadores, às 21h30, pela disputa do 3º lugar do grupo D que dá vaga para a Copa Sul-Americana.

Fonte: Raphael Sibilla / Globo Esporte
Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Comente com sua conta do Facebook: