Diretoria pretende afastar jogador, mesmo com blindagem de Rogério Ceni

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

No último Majestoso disputado no Morumbi, um dos jogadores mais hostilizados pela torcida do São Paulo foi Orejuela. O lateral-direito era constantemente vaiado ao longo do embate e, por precaução, acabou sendo substituído no intervalo. Na coletiva ao final do clássico, o técnico Rogério Ceni afirmou que ele teria novas oportunidades, apesar do ocorrido – mormente pelo fato de não haver outras opções. Contudo, a diretoria tem pretensões de afastar o jogador, mesmo com essa blindagem de Ceni.

A apuração é do jornal Lance!. De acordo com as informações, existe até mesmo a cogitação da rescisão contratual com o atleta. Quando de sua contratação, na temporada de 2021, o colombiano custou 13,5 milhões de reais aos cofres do Tricolor Paulista. A avaliação seria de que ele já se perfaz como “prejuízo certo“. Confira a matéria clicando aqui.

Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter.

Compartilhe esta notícia