Elias Albarello
Elias Albarello

O diretor executivo financeiro do São Paulo, Elias Albarello falou em entrevista à Rádio Globo, sobre as finanças do clube, dívida e investimentos.

Em relato ao repórter Roberto Lioi, Albarello comenta que a dívida do São Paulo vem caindo ano a ano. Começou comparando os valores em 2015, na casa dos R$180 milhões com dívidas bancárias e direitos econômicos.

No ano de 2016, a dívida caiu para R$160 milhões e em 2017, se estabilizou em R$105 milhões, valor que permanece neste final de 2018.

Segundo Albarello, não houve redução no valor de 2017 para este ano, devido a gastos e investimentos no Morumbi para a abertura da Copa América, além de recursos direcionados para contratações.

Para o final de 2019, a previsão do clube, é a redução da dívida pela metade (alcançando aproximadamente R$52 milhões) e tentar renegociar o alongamento do perfil da dívida, ou seja, alongar o prazo de pagamento e tentar assim, diminuir os juros.

Investimentos no Morumbi

Perguntado por Lioi sobre os valores investidos no Morumbi para as obras que já descrevemos aqui, o diretor comenta um montante próximo a R$12 milhões para as melhorias.

São Paulo x América-MG
Obras: Telões, novos vestiários e refletores

Dívida permanece, mas existe lucro?

Voltando a comentar sobre as finanças do clube, Lioi relembra que o São Paulo teve superávit (lucro) de R$18 milhões em 2017 e questiona se, com a dívida não reduzida, há previsão de fechar o ano no azul.

Albarello comenta que até outubro, o clube tinha um cenário positivo, mas um novo relatório deve ser divulgado em janeiro, com o qual se poderá confirmar se o São Paulo conseguiu fechar o ano sem prejuízos.

Receitas e despesas

O diretor financeiro confirma a informação da aprovação do orçamento para 2019, com R$471 milhões de receitas (cotas de TV, bilheteria, venda de atletas, programa Sócio-Torcedor), porém, R$470 milhões em despesas

Complementando as informações acima, Albarello confirma que o São Paulo ainda precisa da receita de venda de jogadores e uma expectativa de disponibilizar ao menos, R$60 milhões para contratar reforços.

Contratações realizadas

Até o momento, o São Paulo contratou (definitivamente ou por empréstimo) 4 reforços para a temporada 2019: Tiago Volpi, Leo Pelé, Igor Vinícius e Pablo.

Pablo
Pablo: uma das contratações mais valiosas da história do clube

Vamos torcendo aqui para que venham mais reforços e continuaremos de olho nas informações, tanto sobre negociações, como em relação às dívidas.

Fonte: Rádio Globo e Roberto Lioi

Post anteriorOs contratos expirantes do Tricolor
Próximo PostMelhores de 2018
42 anos, paulistano, são-paulino e um dos criadores do Arquibancada Tricolor. Apaixonado por Formula 1, Futebol, boa música e tecnologia!