E o Éder? Atacante vive indefinição e segue treinando na Barra Funda

Rubens Chiri / saopaulofc

O São Paulo busca solucionar algumas questões mesmo após a reapresentação do clube para a pré-temporada. O setor que tem mais indefinição é o ataque. O clube busca se desfazer de Pablo e Vitor Bueno, enquanto estuda uma definição para o atacante Éder.

O jogador não está fora dos planos do Tricolor, porém, já foi procurado pelo clube para realizar uma rescisão amigável. Após o fim do Campeonato Brasileiro, a diretoria da equipe procurou o jogador que comentou querer ficar no Morumbi e escrever uma nova história com a camisa do São Paulo.

Em sua primeira temporada, Éder começou empolgando a torcida. Com inteligência e bom posicionamento, o atleta marcou gols e parecia ser questão de tempo para assumir a posição de centroavante titular. Porém, com o passar da temporada, o atacante teve problemas físicos e acabou por mais tempo no departamento médico do que em campo.

Outro ponto para a permanência do ítalo-brasileiro no clube são os débitos que o time tem por conta de direitos de imagens não pagos. O clube não informa o valor, porém, uma negociação para a saída ocorreria apenas após o pagamento dos débitos.

O atacante de 35 anos, se reapresentou na última segunda-feira e realiza as atividades com o grupo normalmente. O atleta deve fazer parte do grupo no primeiro semestre e será opção de Rogério Ceni para a estreia do Tricolor no Campeonato Paulista – a primeira partida será contra o Guarani, no próximo dia 27/01, às 21h30.

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe o que de melhor acontece no São Paulo FC
Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Conheça a nossa Loja

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você concorda com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais