Éder merece ser titular no São Paulo? | Análise - Tática Didática
Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

O meia-atacante Éder chegou sem muita pompa ao São Paulo. Vindo do futebol chinês e sem ter feito carreira no Brasil, era uma incógnita. Com 34 anos, vindo de um campeonato sem muito primor técnico e físico, pairavam dúvidas sobre como seria o desempenho do jogador.

Dentro de campo, o camisa 23 deixou todos os questionamentos de lado e tem sido um dos destaques do São Paulo neste início de temporada. Em cinco jogos, marcou dois gols. E o detalhe é que ainda não começou uma partida como titular. Segundo o site SofaScore, Éder tem média de 27 minutos jogados por confronto no Campeonato Paulista e atual apenas 32 minutos na estreia do São Paulo na Libertadores.

Com um desempenho acima da média para um reserva, começa-se a especular a chance dele se tornar titular. E a possibilidade é real. Éder daria uma mobilidade maior ao ataque do São Paulo, mais próximo do que Hernán Crespo gosta enquanto treinador. Uma dupla de ataque formada por ele e Luciano, com Benítez na armação, poderá trazer mobilidade e troca rápida de passes, importantes características para furar sistemas de marcação, principalmente contra equipes menores que jogam apenas na defesa.

No vídeo abaixo, os parceiros do Tática Didática comentam sobre a presença de Éder e desenham como ele pode se encaixar no time titular do São Paulo. Assista abaixo ou clicando aqui e responda a pergunta: “Éder merece ser titular no Tricolor?”

Post anteriorCrespo iguala desempenho de Cuca, em 2004, como o melhor do século até agora
Próximo PostLuciano vive maior seca de gols desde que chegou ao São Paulo
A equipe do Arquibancada Tricolor trabalha diariamente para trazer notícias, matérias e opiniões sobre o São Paulo FC, desde 2008. O lema 'Futebol com Humor e Opinião' conduz nosso trabalho que alcança mais de 1 milhão e 500 mil seguidores nas mídias sociais.