Jogadores do Tricolor atingem o 8º jogo e não podem trocar mais de time
Foto: Reprodução / Premiere

Não foi dessa vez que o São Paulo venceu seu primeiro jogo na Neo Química Arena e nem a vez que a primeira vitória são-paulina no Campeonato Brasileiro aconteceu. Em um empate sonolento e praticamente sem emoções de ambos os lados, o zagueiro são-paulino Léo acabou se destacando.

De contrato renovado, o camisa 16 teve a principal missão da defesa são-paulina: neutralizar o ponta Gustavo Mosquito, jogador mais perigoso do Corinthians na competição. O jogador do Tricolor ganhou todos os duelos individuais contra o rival e assegurou que a zaga não sofresse para cortar cruzamentos ou se preocupasse em tentar parar o corintiano já dentro da área.

Segundo o Sofascore, Léo somou 3 desarmes, fez 1 interceptação e não sofreu nenhum drible. O desempenho no Majestoso fez com que ele fosse eleito “craque do jogo” pelos comentaristas da Rede Globo.

Foto: Reprodução / Sofascore

Coube a Léo dar a entrevista após o confronto. Ele elogiou os companheiros de zaga e lamentou o resultado em Itaquera:

Quero dedicar o prêmio para toda a equipe e a galera da zaga que trabalha todos os dias. Não foi o resultado que queríamos, não tomamos gol e agora é focar no próximo jogo“, afirmou.

Outros destaques são-paulinos na partida também foram pelo aspecto defensivo: Miranda e Liziero apareceram bem nos quesitos cortes, desarmes e interceptações.

Post anteriorSão Paulo e Corinthians fazem jogo sem emoções e ficam apenas no empate em Itaquera
Próximo PostMiranda e Luan sentem desconforto e serão reavaliados nesta quinta-feira
Formado em jornalismo pela Faculdade das Américas. Sempre amei escrever e sempre amei o São Paulo Futebol Clube. Essas duas paixões me motivam a produzir conteúdo sobre o meu time do coração. Mas eu também gosto de falar política, história e entretenimento. Porém, já aviso que minhas opiniões não são simples a respeito de nada. O mundo é complexo e eu não sou diferente.