Formiga é a primeira mulher a ter o nome na Calçada da Fama do Mineirão.
Foto: Gabriela Montesano / saopaulofc.net

O São Paulo pode se dar ao luxo de ter como camisa 8 uma lenda viva do futebol feminino. Aos 44 anos e ainda sem falar em aposentadoria, a volante são-paulina Formiga, atleta que mais vestiu a camisa da Seleção Brasileira, irá ter o nome eternizado na Calçada da Fama do estádio do Mineirão. Será a primeira mulher a alcançar esse feito.

A cerimônia está marcada para o dia 15 de março – um dia após o Tricolor enfrentar o Real Brasília, no Morumbi. Com 234 partidas oficiais pela Seleção, sete participações em Copas do Mundo e mais sete em Olimpíadas, Formiga faz por merecer as homenagens e venerações que tem recebido nos últimos tempos. A única vez em que Formiga atuou no Mineirão foi nas quartas de final das Olimpíadas de 2016, com o recorde de público de um jogo de futebol feminino.

Estou bastante feliz com esse convite. Fico lisonjeada, principalmente para nós mulheres, que travamos uma batalha pelo reconhecimento. Quando é para acontecer, acontece no tempo de Deus. E é claro que isso enaltece a modalidade de futebol feminino, tendo uma figura sendo representada no Mineirão. Agradeço desde já. Fico até sem palavras. Fiquei super emocionada com isso“, disse Formiga, em entrevista ao jornal O Tempo.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorCarlos Belmonte vai às redes e se manifesta após revés: “Derrota doeu”
Próximo PostBasquete Tricolor enfrenta o Quimsa pela BCLA
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.