Hernanes
Foto: Reprodução / Premiere

O São Paulo foi ao Piauí, onde estreou pela Copa do Brasil e acabou derrotado pelo 4 de Julho, equipe da casa, por 3 a 2, em uma das piores exibições do Tricolor na temporada.

O treinador Hernán Crespo optou novamente por utilizar uma equipe de reservas, mas dessa vez com uma modificação em razão da ausência de Arboleda, que está servindo a seleção do Equador, Orejuela, lateral-direito de origem formou o trio defensivo com Rodrigo Freitas e Diego Costa.

A surpreendente derrota para os piauienses chamou a atenção pelo fraco desempenho defensivo do time são-paulino, especialmente pela atuação de Orejuela, que falhou em dois dos três gols sofridos fora outros lances em que lhe faltou a técnica adequada para a posição.

Todos os gols do Colorado Piripiri saíram de bola parada, jogada que atormentou a zaga são-paulina durante todo o jogo. Para Hernanes, essa foi a principal falha do Tricolor no jogo:

Tem uma semana para preparar, corrigir os erros. No final de semana tem compromisso importante e depois passamos a pensar nesse jogo de volta. Futebol tem várias maneiras de se ganhar. Eles usaram uma estratégia e foram felizes. Pecamos na bola parada. Foram três bolas paradas. Lamentável. Levantar a cabeça

Para o confronto da volta, na terça-feira que vem (8), o São Paulo terá que vencer por dois gols de diferença para avançar à próxima fase.

Post anteriorSão Paulo perde para o 4 de julho por 3×2 na estreia da Copa do Brasil 2021
Próximo PostHá peças no elenco que não dá pra contar | OPINIÃO
Formado em jornalismo pela Faculdade das Américas. Sempre amei escrever e sempre amei o São Paulo Futebol Clube. Essas duas paixões me motivam a produzir conteúdo sobre o meu time do coração. Mas eu também gosto de falar política, história e entretenimento. Porém, já aviso que minhas opiniões não são simples a respeito de nada. O mundo é complexo e eu não sou diferente.