Julio Casares comenta sobre propostas por Alex e Muricy Ramalho
Foto: Reprodução / Instagram

O presidente Julio Casares deu entrevista nesta quinta-feira (17) para o GE, e comentou sobre alguns temas. Um dos assuntos comentados pelo presidente foi sobre interesse do mercado por dois membros da equipe Tricolor. Alex e Muricy Ramalho foram sondados por diferentes lugares, porém, segundo Casares, acreditaram no projeto e continuam na equipe.

“Estamos no caminho certo para uma profissionalização. O Muricy, com 40 dias de atividade aqui, porque esse cargo de coordenador foi criado pela gestão, e eu e Muricy tínhamos um compromisso, ele topou, vem fazendo um trabalho incrível, ele foi convidado pela CBF três vezes para ser coordenador de futebol da seleção brasileira, três vezes. Eu também não queria que ele saísse, e ele disse o seguinte: ‘estou muito feliz no São Paulo e acredito nesse projeto a longo prazo’. O Muricy foi o primeiro profissional”, comentou.

Nesta temporada, alguns clubes tentaram a contratação de Alex. O treinador vem fazendo um grande trabalho na categoria de base, no time Sub-20, e chegou a final do Campeonato Brasileiro na última temporada e parou nas semifinais da Copa São Paulo de Futebol Júnior em janeiro.

“O nosso técnico do sub-20, Alex, foi convidado pelo Avaí, que é um grande clube hoje na Série A, e depois com a saída do Jardine, também foi sondado pela seleção brasileira. Então nós temos profissionais, além deles o Rui Costa… que marcam uma era de profissionalização do São Paulo, que é irreversível. Quando eu vejo o mercado fazer convite para o nosso estafe do futebol, eu sinto que o nosso projeto deu certo e vai dar certo com planejamento a longo prazo, e todos estão comprometidos e engajados”, destacou o presidente.

O presidente também fez questão de destacar que um outro profissional do clube também foi procurado. Marcos Biasotto foi sondado pelo Internacional, porém, deve seguir no clube.

“Ele segue no São Paulo… E, realmente, agora, o presidente do Inter, Alessandro (Barcellos), lá quando eu estava na CBF, numa reunião, ele disse: ‘olha, estamos pensando aqui no Biasotto como diretor executivo no lugar do Paulo Bracks, que saiu’. E eu disse: ‘eu não gosto da ideia porque o Biasotto tem um projeto a longo prazo, é profissional, eu sei que ele foi consultado, mas ele nem abriu conversas’. Ele disse ‘tenho um compromisso com o São Paulo, estou feliz com o projeto a longo prazo, ele e Muricy”, finalizou o presidente.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorBastidores da classificação – São Paulo 2 x 0 Manaus | Copa do Brasil
Próximo PostReinaldo se torna o terceiro jogador do São Paulo com mais partidas no século XXI
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.