Justiça determina pagamento de dívida milionária referente a Raniel
Foto: Reprodução / Instagram do São Paulo

A 11ª Vara Cível do Estado de São Paulo determinou que o São Paulo efetue o pagamento da dívida de R$26 milhões referentes à negociação do atacante Raniel com o Cruzeiro. O cumprimento da sentença deve ser direcionado ao empresário André Cury e a decisão foi publicada nessa quarta-feira, dia em que o São Paulo venceu o Palmeiras e garantiu uma boa vantagem para a decisão do Paulistão no Allianz Parque.

O Tricolor foi condenado em duas instâncias e, por isso, a execução respeita o prazo legal determinado no Código de Processo Civil. Ainda que o clube recorra ao Superior Tribunal de Justiça, não há possibilidade de suspensão do pagamento determinado, motivo pelo qual o São Paulo pode ter bens penhorados em caso de não cumprir o quanto disposto pelo douto juízo. No decisum, o magistrado alertou ao clube que o não pagamento, inclusive, pode acarretar em uma multa de 10% do valor total devido.

A solução para que o São Paulo pudesse amenizar o impacto da decisão prolatada seria um acordo com a parte ex adversa, o que faria com que o processo fosse suspenso. A dívida inicial era de R$13,7 milhões.

Confira aqui a publicação completa do UOL Esportes na coluna de Diego Garcia.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorCeni rasga elogios ao verdadeiro 10 do Palmeiras – que não é Rony
Próximo PostComo eu reagi aos gols de São Paulo 3 x 1 Palmeiras
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.