São Paulo descarta a venda de Luciano
Fotos: Rubens Chiri / São Paulo FC

O São Paulo jogou contra o Atlético-GO e amargou a sua segunda derrota consecutiva, o que acontece pela primeira vez na era Crespo. Na derrota para o Dragão, o Tricolor do Morumbi errou muitos passes e foi incapaz de incomodar o goleiro Fernando Miguel, além de falhar mais uma vez na defesa.

Aos 22 minutos do primeiro tempo, os goianos levantaram uma bola na área de Tiago Volpi, os zagueiros são-paulinos não acompanharam o ataque adversário e Éder abriu o placar para os donos da casa. Quando enfrentou o 4 de Julho, pela Copa do Brasil, na última terça-feira (1), o problema das jogadas pelo alto já havia sido discutido, mas hoje (5) ele voltou a se repetir. No fim do jogo, o atacante Luciano comentou sobre o tema:

Alguns detalhes que pecamos, controlamos o começo do jogo, na bola parada, que treinamos muito, tomamos o gol. Não podemos perder esses pontos no começo. Vamos continuar treinando, já que terça temos que classificar (na Copa do Brasil)“, disse o jogador.

A zaga são-paulina foi formada por Bruno Alves, Miranda e Léo, atletas acostumados a titularidade (apenas Bruno é reserva), então a dificuldade pode ser no posicionamento para conter esse tipo de lance. Já o segundo gol atleticano também contou com uma ajuda são-paulina: Galeano, que havia entrada na vaga de Igor Vinícius, saiu jogando errado, João Paulo tomou a bola e encobriu Volpi.

O São Paulo precisa corrigir rapidamente esses erros, pois já na próxima terça-feira (8) tem duelo decisivo contra o 4 de Julho e precisa vencer por dois gols de diferença para avançar na Copa Do Brasil. Sofrer um gol pode complicar ainda mais a situação.

Post anteriorSão Paulo não fura defesa do Atlético-GO e segue sem vencer no Brasileirão
Próximo PostEstatísticas de Atlético-GO 2 x 0 São Paulo: Brasileirão 2021
Formado em jornalismo pela Faculdade das Américas. Sempre amei escrever e sempre amei o São Paulo Futebol Clube. Essas duas paixões me motivam a produzir conteúdo sobre o meu time do coração. Mas eu também gosto de falar política, história e entretenimento. Porém, já aviso que minhas opiniões não são simples a respeito de nada. O mundo é complexo e eu não sou diferente.