Foto: Rummens

O São Paulo entrou em campo nesta segunda-feira (06) pressionado para garantir a permanência no Campeonato Brasileiro. O time que nunca caiu, via uma situação desconfortável, apesar da vantagem que a tabela apontava.

Foram mais de 40 mil pessoas ao estádio e novamente a torcida incentivou do início aos acréscimos – apenas em um momento ao longo do jogo a torcida se mostrou contra a um jogador específico e vaiou Liziero na saída do jogador.

Para vencer, o treinador Rogério Ceni mudou o time e contou com a volta de Luciano. O atacante que recentemente operou o punho, voltou e em cinco minutos chegou perto do inferno mas rapidamente atingiu o céu.

Luciano flertou com uma expulsão no primeiro lance do jogo. O canhoto deu uma chegada mais perigosa no jogador do Juventude e recebeu cartão amarelo. Depois do lance, Luciano colocou a cabeça no lugar e abriu o placar para a equipe aos cinco minutos após assistência de Emiliano Rigoni.

O time dominou as ações e pressionou o Juventude no primeiro tempo em busca de definir o placar. O segundo gol saiu com Jonathan Calleri, aos 43 minutos do primeiro tempo. Com a vantagem, o time foi ao vestiário com a tranquilidade e diminuindo a pressão do Morumbi.

No segundo tempo, porém, o time perdeu rendimento. O Juventude passou a dominar as ações e chegou ao primeiro gol com Marcos Vinicios, aos 18 minutos. Rogério então mudou, sacou Liziero que havia recebido cartão amarelo e colocou Gabriel Neves.

Poucos segundos depois, o Tricolor chegou ao gol do alívio. Miranda lançou e Luciano brigou e achou a brecha para finalizar. A bola ainda bateu na trave para ir as redes e dar a tranquilidade ao time.

Com o gol, Ceni passou a fazer alterações para garantir o ritmo do time. O São Paulo retomou as rédeas do jogo e garantiu o resultado que leva a equipe aos 48 pontos. No fim do jogo, os torcedores presentes protestaram contra o time.

O Tricolor fecha o Campeonato Brasileiro contra o América-MG, no Estádio Raimundo Sampaio. O time de Rogério Ceni ainda tem remotas chances de chegar a Libertadores.

Ficha Técnica

SÃO PAULO 3 x 1 JUVENTUDE

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 06/12/2021 (segunda-feira)
Horário: 19h

SPFC: Volpi; Igor Vinícius, Miranda, Arboleda e Reinaldo (Léo, 37/2); Liziero (Gabriel, 20/2), Rodrigo Nestor e Igor Gomes; Rigoni (Benitez, 37/2), Luciano (Marquinhos, 31/2) e Calleri (Juan, 37/2). Técnico: Rogério Ceni

Gols: Luciano, 4/1; Calleri, 42/1; Luciano, 21/2

ECJ: Douglas Friedrich; Michel, Vitor Mendes, Rafael Forster (Rafael Bilu, 27/2) e William Matheus; Jadson (Capixaba, intervalo), Dawhan (Roberson, 37/2), Guilherme Castilho (Bruninho, 27/2) e Chico; Sorriso e Ricardo Bueno (Wescley, 37/1). Técnico: Jair Ventura

Gol: Sorriso, 17/2

Cartões amarelos: Luciano, 1/1; Rafael Forster, 26/1; Arboleda, 29/1; William Matheus, 40/1; Liziero, 15/2; Igor Gomes, 32/2; Léo, 43/2; Capixaba, 44/2

Renda: R$ 1.015.299,0
Público: 40.442 pagantes

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Éder Alexandre (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
Quarto Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Analista de Campo: Marcio Verri Brandao (SP)
Árbitro de Vídeo: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
AVAR: Helton Nunes (SC)
Observador de VAR: Gilberto Corrale (SP)

Fotos

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe o que de melhor acontece no São Paulo FC: 
Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Conheça a nossa Loja

Post anteriorLuciano retorna à equipe titular do São Paulo: Confira a escalação
Próximo PostO cara do jogo! Luciano volta e brilha no Morumbi
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.