Maicon minimiza falta de reforços e quer Tricolor tranquilo nas semifinais

Maicon quer usar suas experiência para tranquilizar companheiros durante as semifinais (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)Maicon quer usar suas experiência para tranquilizar companheiros durante as semifinais (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

A diretoria do São Paulo não atendeu aos pedidos do técnico Edgardo Bauza, que chamou a atenção para a necessidade da contratação de um zagueiro e de um atacante para as semifinais da Copa Libertadores da América. Desde que a competição continental sofreu a pausa, o clube acertou apenas com Ytalo, ex-Grêmio Osasco Audax, e conseguiu a permanência de Maicon por mais quatro temporadas, fruto de um investimento de 6 milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões), destinados ao Porto.

O Tricolor chegou a anunciar a contratação do atacante Getterson, mas o negócio foi cancelado após a revelação de mensagens antigas no Twitter em que o jogador se declarava ser torcedor do Corinthians e chamava os são-paulinos de “bambis”.

Capitão e um dos líderes do time paulista, Maicon se apoia na campanha tricolor na Libertadores para minimizar a falta de reforços no elenco. O clube é o único brasileiro entre os quatro remanescentes do torneio.






“Acredito que se não tiveram reforços é porque a diretoria viu que não havia necessidade. Se o time conseguiu a classificação jogando bem, fora a estreia na fase de grupos, talvez não precisasse mudar”, justificou o zagueiro, durante entrevista coletiva concedida na última segunda-feira.

Autor de três gols na temporada, o defensor ressalta ainda o papel de passar tranquilidade aos companheiros menos experientes nos decisivos confrontos diante dos colombianos. “A gente tenta passar tranquilidade para todo mundo. Temos uma equipe experiente, mesmo sem jogar tanto mata-mata. Falamos para trabalhar taticamente com a cabeça tranquila, porque assim podemos errar menos”, contou.

“E quem errar menos é que vai passar. O jogo precisa ser tranquilo, mesmo com tanta responsabilidade. Vamos fazer um bom resultado em casa para jogar mais tranquilo fora”, concluiu.

São Paulo e Atlético Nacional-COL começam a definir uma vaga na decisão da Libertadores nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Morumbi. Na tarde desta terça, o Tricolor realizará no palco da partida o último treino antes do duelo.


Ceni admite decepção por não ter avançado em sua última Libertadores

Maicon elogia Bauza e fala sobre vaga na final da Libertadores: “Obrigação”

Atlético Nacional promete futebol ofensivo e deve ter três atacantes


Let’s block ads! (Why?)

Comente com sua conta do Facebook: