Meta de Ricardo Gomes é fazer o São Paulo aguentar os dois tempos

A queda de rendimento do São Paulo no segundo tempo das partidas é notória e tem irritado boa parte dos torcedores. O ‘defeito’ tem sido recorrente e a comissão técnica já está atenta. Nesta sexta, o técnico Ricardo Gomes admitiu que a equipe precisa melhorar nesse sentido e, inclusive, todo o trabalho dessa semana livre para treinos foi focado nesse sentido.

“Estamos variando, jogando bem um tempo e baixando o ritmo no segundo. Estou esperançoso que isso não se repita. Mesmo contra o Cruzeiro nós fomos muito bem no primeiro tempo e caímos no segundo. Passei a semana pensando nisso”, comentou o treinador tricolor, citando a partida em que o São Paulo venceu, mas não deixou de sofrer na etapa final.

Ricardo Gomes só não gostou da associação à queda do time no segundo tempo dos jogos com uma eventual falta de preparo físico dos atletas. Assim que questionado sobre o tema, o técnico fez questão de acabar com qualquer tipo de polêmica.

“Nada disso. Hoje em dia não tem nenhum time correndo mais que o outro, não. É mais a parte técnica, mais pela confiança do que a parte física. Sem confiança a parte técnica cai, e a parte tática vai junto. Ai afunda. Temos de melhorar a parte tática e a confiança do jogo”, explicou.

A confiança do comandante do São Paulo em uma reação nesse sábado, mesmo diante de um adversário como Flamengo, que entrará em campo pela liderança do Campeonato Brasileiro, é tão grande que Ricardo Gomes ignora até mesmo o fato de ter tantos jogadores pendurados com dois cartões amarelos ciente de que na rodada seguinte terá um confronto direto com o Sport, na Ilha do Retiro.

“Pela qualidade do elenco que eu tenho hoje, não estou muito preocupado. Mesmo no meio de campo, temos substitutos. Na frente as coisas estão melhorando. Não estou nenhum pouco preocupado, não tem nenhum tipo de conselho. Claro, a gente fala para evitar reclamações, coisas do dia a dia”, disse.

Neste sábado, Chavez, Kelvin, Cueva, Wesley, Hudson, Carlinhos, Maicon e Lugano terão de tomar algum cuidado especial para não serem advertidos com cartão. Lyanco também está na lista, mas está fora do jogo por causa de um estiramento na coxa.


Com Wellington de volta após um ano, Tricolor divulga relacionados

Agora é oficial: Roberto Natel entrega cargo e confirma racha político

Em momento conturbado, São Paulo prepara planejamento para 2017


Let’s block ads! (Why?)

Comente com sua conta do Facebook: