Meta traçada: pontuar no Mineirão!

Para conquistar o Campeonato Brasileiro pela sétima vez, o São Paulo precisa pontuar também fora de casa. Depois de conseguir isso em dois dos três jogos que disputou nesta edição – uma vitória e um empate -, o Tricolor busca contra o Cruzeiro neste domingo (5), às 18h30 (de Brasília), no Mineirão, seu segundo triunfo longe de seus domínios. Mas para bater cruzeirenses, time contra o qual tem o melhor aproveitamento como visitante na história do torneio nacional, e seguir buscando as primeiras colocações, a equipe de Patón terá que superar uma série de desfalques.

A lista de desfalques é grande, mas o retrospecto diante dos mineiros e o bom momento são-paulino na temporada animam. Em 28 jogos como visitante no Brasileiro diante do adversário deste final de semana, foram 14 vitórias e oito empates, com apenas seis derrotas. “É um jogo duro, mas temos condições de vencer. No total, ainda não temos uma grande campanha fora de casa no ano, mas no Brasileiro já conseguimos pontuar”, avaliou o jovem meio-campista João Schmidt, que completou.

“Conseguimos vencer o Botafogo (1 x 0), em Volta Redonda, e arrancar o empate com o Coritiba (1 x 1), no Paraná. Então acho que já demonstramos uma evolução, e agora tentaremos dar mais um passo”, afirmou o camisa 15, que ocupará a vaga do lesionado Wesley. Apesar de contar com a volta do zagueiro Maicon, recuperado de um desconforto muscular, o técnico Edgardo Bauza não poderá contar com boa parte de seus comandados.

Breno e Wellington (cirurgia no joelho), Carlinhos (lesão na coxa esquerda), Wilder (estiramento na coxa esquerda), Caramelo (trauma na coxa direita), Michel Bastos (estiramento na coxa direita), Hudson (estiramento na coxa esquerda), Wesley (estiramento na coxa direita), Calleri (assuntos pessoais) e Lyanco (amigdalite), além de Rodrigo Caio, Ganso e Mena (Copa América), não estão à disposição do treinador argentino.

Nas atividades do último sábado (4), de olho no Cruzeiro, a equipe titular atuou com Denis; Bruno, Maicon, Lugano e Matheus Reis; João Schmidt, Thiago Mendes e Ytalo; Centurión, Kelvin e Alan Kardec. Durante o coletivo, Bauza exigiu que Kardec e Ytalo alternassem a movimentação na frente para receber os passes dos volantes e aproveitassem as jogadas pelas pontas de Kelvin e Centurión. O técnico parou o treino diversas vezes para conversar com os atletas e apontar o caminho das jogadas, além de aprimorar as cobranças de bolas paradas: faltas e escanteios.

CRUZEIRO x SÃO PAULO

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data: 05/06/2016 (domingo)

Horário: 18h30 (de Brasília)

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)

Assistentes: Nadine Schramm Camara Bastos (Fifa-SC) e Cristhian Passos Sorence (GO)

CRUZEIRO: Fábio; Lucas, Bruno Rodrigo, Bruno Viana e Bryan; Henrique, Lucas Romero, Robinho, Elber e De Arrascaeta; Riascos. Técnico: Paulo Bento.

SÃO PAULO: Denis; Bruno, Maicon, Lucão e Matheus Reis; Thiago Mendes, João Schmidt e Ytalo; Kelvin, Centurión e Alan Kardec. Técnico: Edgardo Bauza.

Let’s block ads! (Why?)

Comente com sua conta do Facebook: