Meu primeiro jogo no Morumbi

A ideia deste post veio de uma leitura esses dias em um site sobre rock que perguntava qual tinha sido o primeiro álbum que o leitor havia ganho ou comprado.

Imediatamente eu associei essa pergunta a uma mais propícia para o futebol: Qual havia sido o primeiro jogo que assisti no Morumbi?






Como eu nasci e fui criado no bairro da Bela Vista em São Paulo, o Pacaembu era o estádio mais próximo e especialmente na Copinha, eu já havia assistido a alguns jogos antes, mas o Morumbi era um lugar especial que eu queria muito entrar lá no início dos anos 90.

Meu pai é santista, mas nunca se importou tanto com futebol e até hoje, torce para o São Paulo em jogos que assistimos juntos, por isso, era mais complicado convencê-lo a me levar ao distante Estádio do Tricolor.

Na minha família, embora a grande maioria seja de são-paulinos, era difícil que alguém me levasse para ver um jogo, considerando que eram outros tempos bem diferentes do atual.

Eu havia “batido na trave” em um São Paulo x Palmeiras em 88, quando minha madrinha quase me levou, mas ficou com medo por se tratar de um clássico e por eu ter ainda uns 8 anos de idade. Ainda bem, pois o Tricolor perdeu aquele jogo, a vaga para a final do Paulista e isso poderia ter mudado meu interesse:

Enfim, a oportunidade!

Depois de muito tempo enchendo o saco do meu pai, consegui convencê-lo a me levar para conhecer o Morumbi, justamente em uma partida contra o time dele.

O dia 20 de setembro de 1992 marcou um momento que se repetiria inúmeras vezes até hoje, e mudou completamente minha vida, pois eu nunca mais deixei de acompanhar o Tricolor no Morumbi.

O São Paulo enfrentou o Santos pela primeira fase do Paulistão de 1992, no ano em que já havia vencido a Libertadores, nos pênaltis que acompanhei de joelhos na TV de casa.

Embora já com 12 anos, não consigo me lembrar de quase nada desta partida, porque fiquei travado de emoção ao ver aquele lugar que só conhecia pela TV. Confesso que olhei mais para o estádio do que para o jogo.

Era o time de Telê, e contava com o meu maior ídolo no futebol até hoje, Rai, em seu auge técnico. O time era monstro demais, mas aquela partida não teve emoções e acabou no 0x0:

São Paulo 0x0 Santos – Paulistão 1992

Por mais que não tenha sido um jogo para ser lembrado, no que se refere à qualidade da partida, esse foi, sem dúvida nenhuma, o divisor de águas na minha vida.

Desde então, tive a oportunidade de conhecer novos estádios, acompanhar o São Paulo em diversas partidas e, desenvolver um trabalho com isso. O que me faz voltar sempre ao Morumbi, mas com a mesma emoção daquele dia em 1992.

E você? Se lembra da primeira vez que foi ao Morumbi?
Escreva nos comentários como foi essa experiência pra você!

Comente com sua conta do Facebook:
Você já conhece a Loja do Arquibancada? Modelos exclusivos para você mostrar o seu amor pelo Tricolor!

Confira outras notícias no Arquibancada Tricolor