Missão dada é missão cumprida. Casares reformula o marketing do São Paulo

Se na gestão Leco o departamento era criticado, com o novo presidente as campanhas vem conquistando bons números

No mundo digital e conectado, todas as empresas precisam ter uma área de comunicação e marketing consolidadas e com diretrizes voltadas ao negócio e com o objetivo de atingir rápido crescimento e o sucesso.

E no universo do futebol não é diferente. Os rivais Palmeiras e Corinthians fizeram durante anos campanhas de marketing de sucesso (como os casos da patrocinadora Crefisa com o alviverde e do retorno de Ronaldo para o alvinegro).

E o São Paulo ficou para trás nesses últimos anos nessa área. O Tricolor tinha problemas básicos como o programa de sócio torcedor defasado e a falta de interação com a torcida seja no pessoal seja com ações nas redes sociais.

Mas com a chegada de Casares na presidência a expectativa de um retorno de sucesso tanto na área de comunicação quanto de marketing existia no são-paulino. E pouco mais de 6 meses de trabalho, o resultado até o momento é acima das expectativas.

E-Sports

O clube entrou na onda do E-Sports e fechou um acordo com a empresa Konami para concessão dos direitos de imagem dos jogadores da equipe e do estádio do Morumbi no jogo PES (Pro Evolution Soccer).

Departamento de Futebol

A gestão olhou profissionalmente para o futebol e em março com o começo da nova temporada foi ao mercado buscar profissionais com conexão ao clube e que possuem vasto histórico no meio do futebol. Para a direção chegaram Muricy Ramalho, Ruí Costa e Carlos Belmonte.

Esse núcleo garimpou no Brasil e na América do Sul um novo treinador e o escolhido depois de entrevista foi Hernán Crespo (meses depois a escolha se provou competente com o argentino vencendo o Paulistão e acabando com uma fila de 8 anos e meio do clube).

Ações Sociais

O Tricolor também fez algumas campanhas sociais. Entre elas, duas se destacam: o projeto Favela G10 e o Vacina Já (que foi estampado no lugar destinado ao patrocínio máster da equipe em alguns jogos).

Patrocínios

O Tricolor também se aproximou dos patrocinadores para realizarem campanhas ao longo do Paulistão e da Copa Libertadores. E a fornecedora de materiais esportivos Adidas entrou na “onda” e realizou campanhas parceiras nas redes sociais (tanto com o time masculino quanto feminino).

A gestão também fez bom trabalho ao renovar alguns patrocínios como com as empresas Gazin e Cartão de todos para o uniforme da equipe.

Sócio-Torcedor

O Sócio-Torcedor que estava defasado foi remodelado e apresentado há algumas semanas com novas opções ao torcedor e com uma interação maior entre clube e torcida para que essa seja uma renda mensal que o clube possa contar no planejamento financeiro (inclusive 10% do valor arrecadado no programa de sócio irá para o bolsão para pagamento de dívidas com os jogadores).

Além da renovação dos patrocínios, a equipe de Marketing conseguiu novos acordos (tanto pontuais quanto permanentes). A empresa Cimento Cauê foi um acordo definitivo, enquanto a Prime Vídeo e a LG fizeram acordos pontuais. Veja abaixo os números da parceria:

Parceria com a Amazon:

  • 7 mil menções da hashtag: #amazontricolor;
  • 13.8 milhões de impressões das campanhas em redes sociais;
  • 9% de engajamento do público.

Parceria com a LG:

  • 6 mil menções ao nome da marca: @lgdobrasil;
  • 26.8 mil impressões nas campanhas em redes sociais;
  • 7% de engajamento do público.

A parceria com a LG foi realizada nas finais do Campeonato Paulista. E na vitória a equipe de Marketing também deu show com uma produção dos bastidores. Foram 1.016.094 de visualizações no vídeo no youtube e a parceria com a Brahma foi explorada a fundo difundindo a marca no vídeo de comemoração dos jogadores.

Confira os números de interações nas redes sociais

Facebook

ClubesFacebook
São Paulo3,71 milhões
Flamengo1,07 milhões
Corinthians453 mil

Twitter

ClubesTwitter
São Paulo2,36 milhões
Flamengo1,84 milhões
Grêmio683 mil

Instagram

ClubesInstagram
São Paulo17,44 milhões
Flamengo17,35 milhões
Corinthians6,48 milhões

Facebook + Twitter + Instagram

ClubesFacebook + Twitter + Instagram
São Paulo23,52 milhões
Flamengo20,26 milhões
Corinthians7,46 milhões

Próximos passos

A missão agora da equipe de Casares & Cia é conseguir voltar o foco da equipe. O time começou o Campeonato Brasileiro com um empate e uma derrota.

A equipe vai a Minas Gerais enfrentar o Atlético-MG para evitar o pior aproveitamento nas três primeiras rodadas desde 2012. O jogo acontece no estádio do Mineirão às 16h e você pode acompanhar aqui no Arquibancada Tricolor, clique aqui.

Post anteriorDe volta ao Brasil, Liziero conversou com a SPFCtv
Próximo PostConfira as escalações de São Paulo e Atlético-MG
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.