Eder, Galeano e Rodrigo não permanecerão no São Paulo
Foto: Erico Leonan / São Paulo FC

O São Paulo começou a temporada empolgando o torcedor. Mesmo sem dinheiro, a equipe fez contratações que no papel pareciam muito positivas. Uma delas, o atacante Éder chegou e rapidamente fez gols e mostrou que poderia ser útil ao longo da temporada.

Porém, quando a primeira lesão chegou, o atacante não voltou a ser o mesmo. A ida ao departamento médico virou rotina e o atleta não conseguiu convencer Hernán Crespo nas principais decisões da temporada e ficou no banco nas eliminações contra Palmeiras e Fortaleza pelas Copas.

Até aqui, o atacante ítalo-brasileiro tem 26 jogos com a camisa Tricolor. Nas últimas semanas, o atleta chegou a procurar o antigo treinador para uma rescisão contratual, porém, tanto o ex-técnico argentino quanto a diretoria de futebol não aceitaram e ainda acreditam no atleta.

Com a mudança de treinador, Éder passou a ganhar minutos. O atacante participou do empate contra o Ceará (1×1 no Morumbi) e da derrota para o Red Bull Bragantino no último domingo.

O jogador agora busca conquistar mais minutos com o treinador. Nesta semana, o atacante Jonathan Calleri vem se recuperando de lesão e não tem presença confirmada no duelo contra o Internacional no final de semana. Com isso, Éder briga com Pablo por uma vaga no comando de ataque da equipe.

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe o que de melhor acontece no São Paulo FC
Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Conheça a nossa Loja

Post anteriorJorge Wagner: “Vou levar para o resto da minha vida, o carinho da torcida” – Entrevista AT
Próximo PostEm jogo muito disputado, São Paulo empata com o AD Indaiatuba
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.