O dia que um corintiano ajudou o São Paulo

No dia 18 de dezembro de 2005, o São Paulo foi até o Estádio Internacional de Yokohama, no Japão, para disputar a sua terceira final de Mundial de Clubes e, dessa vez, para enfrentar o Liverpool.

O jogo começou difícil para o lado Tricolor que se via pressionado pelos ingleses até que um torcedor rival, corintiano, invadiu o campo e conseguiu paralisar tudo, chamar a atenção e mobilizar toda uma comitiva para tira-lo de lá.

Tirando a parte que ele atrasou um pouco o jogo ele até que ajudou o São Paulo, e esse é um relato feito pelos próprios jogadores do São Paulo e pelo Dr. Marco Aurélio Cunha que estava com o time na ocasião.

Segundo Rogério Ceni, graças a invasão os jogadores são-paulinos conseguiram se acalmar, conversar e se acertar depois que a bola voltou a rolar. Já MAC disse: “Tudo aconteceu como tinha que ser, né? Ele foi preso e a gente foi Campeão Mundial”.

Relembre esse momento:

Comente com sua conta do Facebook: