Arte: Reprodução

O São Paulo ainda está em busca da sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Após cinco rodadas, o Tricolor somou apenas 2 pontos, o pior começo do clube na competição.

Para piorar, Hernán Crespo vem tendo dificuldades para montar uma equipe titular forte, já que desde as finais do vem sofrendo com lesões, convocações e suspensões. Atualmente, o treinador argentino não pode contar com 8 jogadores. Uma das baixas recentes foi a do atacante Luciano, que sofreu um estiramento na coxa esquerda na derrota para o Santos, na última rodada do Brasileirão.

Por essa razão, Crespo terá que lançar uma nova dupla de ataque na partida diante do Cuiabá, nessa quarta-feira (23). O Tricolor encarou o Peixe com Éder e Luciano e no duelo anterior, contra a Chapecoense, podemos considerar que houve quatro atacantes: Rigoni, Rojas, Éder e Luciano. O detalhe é que Pablo, artilheiro da equipe na temporada com 9 gols, esteve fora dos 11 iniciais desde o duelo contra o Atlético-MG, na 3ª rodada.

Portanto, a única certeza é que Éder começará jogando e resta saber quem será o seu parceiro. Como dito, Pablo era nome certo no ataque, mas perdeu espaço, o que deixa em dúvida a sua utilização para a partida diante dos cuiabanos. Outra opção para Crespo é usar Rojas, que depois de renovar seu contrato não rendeu como antes, ainda que seja um dos goleadores do time com 4 gols.

No banco ainda existem as possibilidades de Galeano e Bruno Rodrigues, no entanto, é improvável que um desses seja titular.

O jogo contra o Cuiabá é às 19h, no Morumbi.

Post anteriorDaniel Alves treina com bola e pode ser relacionado contra o Cuiabá
Próximo PostMaicon se diz grato à Muricy e cita falta de títulos por atrito com a torcida são-paulina
Formado em jornalismo pela Faculdade das Américas. Sempre amei escrever e sempre amei o São Paulo Futebol Clube. Essas duas paixões me motivam a produzir conteúdo sobre o meu time do coração. Mas eu também gosto de falar política, história e entretenimento. Porém, já aviso que minhas opiniões não são simples a respeito de nada. O mundo é complexo e eu não sou diferente.