Pandemia trava negociações com time japonês e Vitor Bueno deve se reapresentar no São Paulo
Foto: Reprodução

No final da temporada passada, uma sondagem japonesa por Vitor Bueno teria chegado à cúpula do São Paulo. O camisa 12, que tem espaço bastante reduzido no atual elenco e deve deixar o clube, assistiu, com isso, esfriarem as possibilidades de transferência à Ásia, com a trava das negociações. Ele deve se reapresentar com o restante do time no dia 10.

É notório que o Tricolor possui uma lista de jogadores negociáveis, que conta com Pablo, Eder e Vitor Bueno. No caso deste último jogador, que chegou a ser titular do time por um tempo, já houve sondagens do Ceará, do Grêmio e, mais recentemente, do Japão. Nenhuma delas concreta ao ponto de entrar em vias de fato de negociações formais entre clubes.

Este início de ano está sendo bastante severo com relação a novos casos de Covid-19. Os números são alarmantes, o que influencia, sobremaneira, nas tratativas do meio futebolístico. Em se tratando da proposta do Japão, a burocracia travou qualquer espécie de negociação por Vitor, devendo fazer com que o meia participe normalmente das atividades de pré-temporada com os outros atletas.

Vitor Bueno tem contrato até 2023 com o São Paulo e o interesse seria de vendê-lo ou, pelo menos, que haja um empréstimo que valha a pena – com o pagamento integral de seus vencimentos. Deslocado do meio para o ataque, ele encontra um setor congestionado, com Calleri, Rigoni, Luciano, Marquinhos, Pablo e, agora, Alisson. As informações são do Globo Esporte.

Post anteriorEm último recurso, São Paulo tenta nova investida por Soteldo
Próximo PostSão Paulo lançará banco digital
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.