Foto: Getty Images

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou hoje o calendário para o futebol brasileiro em 2021 (mesmo sem saber o que pode acontecer ainda com a pandemia do Covid-19).

Os campeonatos regionais vão iniciar apenas 4 dias depois do final do Brasileirão 2020, ou seja: Sem pré-temporada ou preparação.

Não houve redução nos Estaduais, não haverá pre-temporada, a Seleção vai desfalcar os clubes em praticamente metade do Brasileiro (um total de 18 jogos, entre Copa América e Eliminatórias) e tudo foi aceito.

Segundo apuração do Globoesporte.com, os estaduais, por exemplo, começarão em 28 de fevereiro, com até 16 datas. Os times que atualmente disputam a Série A do Brasileiro não terão tempo de preparação para seus respectivos estaduais.

Veja como serão as datas, de acordo com o calendário 2021:

  • Estaduais (16 datas)
    • 28 de fevereiro a 23 de maio
  • Supercopa do Brasil (Jogo único)
    • 10 de março
  • Copa do Brasil (16 datas e oito fases)
    • 10 de março a 27 de outubro
  • Eliminatórias (10 datas divididas em cinco períodos)
    • 25 de março a 16 de novembro
  • Copa América (31 datas)
    • 11 de junho a 11 de julho
  • Brasileirão Série A (38 datas)
    • 30 de maio a 5 de dezembro
  • Brasileirão Série B (38 datas)
    • 29 de maio a 27 de novembro
  • Brasileirão Série C (26 datas)
    • 30 de maio a 21 de novembro
  • Brasileirão Série D (26 datas)
    • 30 de maio a 14 de novembro