Arnaldo Ribeiro:
Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Nesta quinta-feira (21), a perícia realizada nas eleições do São Paulo em 2020 foram finalizadas. Segundo o resultado, não houve erro na apuração dos votos.

O pedido partiu da chapa “Resgate Tricolor”, do então candidato Roberto Natel. Os sócios reivindicaram na Justiça uma perícia nas atas da reunião geral do clube em 28 de novembro de 2020. Na reunião, foram eleitos 100 novos conselheiros do clube.

O caso foi aceito pela juíza Monica Lima Pereira, da 3ª Vara Cível do Foro do Butantã. A ordem da juíza foi que a investigação analisasse os documentos, mas mantivesse a preservação dos documentos da assembleia geral e uma perícia técnica para averiguar a possibilidade de vícios na apuração dos votos (informações compartilhadas pelo GE Esporte).

Depois de dez meses de análises, a investigação não encontrou nenhum problema na eleição. Agora, Monica Lima Pereira irá averiguar o documento que possui 33 páginas para finalizar o processo.

Na votação, a chapa de Julio Casares (chapa Grafite) elegeu 74 conselheiros, já a chapa de Roberto Natel (chapa Branca) elegeu 26 conselheiros. Ao todo, foram realizados 38.730 votos válidos.

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe o que de melhor acontece no São Paulo FC
Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Conheça a nossa Loja

Post anteriorHá 14 anos, com gol de Jorge Wagner, São Paulo batia o Cruzeiro no Morumbi
Próximo PostSão Paulo é o recordista de faltas e cartões do Brasileirão 2021
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.