Rojas - São Paulo
Foto: Rummens

Nos últimos tempos, o São Paulo prezou por contratos maiores com seus atletas para conseguir fazer a manutenção do elenco em busca de sequência para ir em busca de resultados positivos, ou seja, títulos.

No entanto, alguns jogadores do elenco atual possuem contratos que terminam ao longo desse ano ou no final dele. São eles: Juanfran, Rojas, Anderson Martins, Galeano e Fabinho.

Com a pandemia do Covid-19 e paralisação das atividades nos clubes, as possíveis conversas e negociações com esses atletas tiveram de ser adiadas.

Confira a situação de cada um deles:

Juanfran: o único desses que atua entre os titulares do time do técnico Fernando Diniz, seu contrato vai até dezembro de 2020. O lateral espanhol tem o seu futuro no Tricolor indefinido. Todavia, ao que tudo indica o jogador gostou do Brasil e é provável que ele continue no Tricolor.

Foto: Rummens

Anderson Martins: o zagueiro de 32 anos também tem contrato com o São Paulo somente até o final do ano e situação indefinida. Com a camisa Tricolor ele já participou de 56 jogos e marcou dois gols.

Foto: Rummens

Rojas: sem jogar desde outubro de 2018, Rojas tem contrato com o São Paulo até julho, que deve ser prorrogado até o final do ano. O atacante de 30 anos se recupera de duas lesões seguidas no joelho direito e foi avaliado recentemente de maneira positiva, seguindo em tratamento durante a pandemia.

Foto: Rummens

Galeano: o jovem paraguaio de apenas 20 anos está emprestado ao São Paulo pelo Rubio Ñu até o final do ano. O Tricolor deverá tomar uma atitude referente ao atleta no segundo semestre, visto que também é o último ano dele nas categorias de base. Ele é visto como um dos jogadores mais promissores do time sub-20 do São Paulo que, aliás, jogou a Copinha de 2020 e foi muito importante na campanha da equipe.

Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Fabinho: também com 20 anos, Fabinho foi relevado na base do São Paulo tem contrato com até junho. O atacante vinha sendo observado pela comissão técnica e chegou a fazer dois jogos pelo time principal. No entanto, entre os cinco ele é o que tem o futuro mais incerto no Tricolor.

Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Fonte: GloboEsporte