CT Barra Funda - Foto: Redação AT
CT Barra Funda - Foto: Redação AT

O São Paulo conseguiu arquivar o procedimento da prefeitura que pretendia encerrar a concessão do terreno onde fica o Centro de Treinamento da Barra Funda. Entretanto, o Tricolor terá que construir duas creches com capacidade de atender até 160 crianças em cada uma delas.

O despacho, que determinou o arquivamento do processo de rescisão da concessão, foi assinado na semana passada pelo prefeito Bruno Covas.

A concessão vai terminar em 2022 e teve o cancelamento pedido, pois o município entendeu que o clube não cumpriu algumas obrigações, como abrir as portas do CT para que crianças carentes realizassem atividades.

O departamento jurídico do Tricolor diz que o município não conseguiu executar essas ações e por isso o clube foi incapaz de atender a todos os requisitos.

A Secretaria Municipal de Educação vai definir o local onde as futuras creches serão construídas. Esses locais serão da prefeitura, que ficará com a responsabilidade de arcar com as despesas e manutenção dos terrenos. O São Paulo vai bancar as obras.

Já existe um decreto que prevê uma nova concessão, de vinte anos, com prorrogação pelo mesmo período para o CT da Barra Funda. Porém, as novas contrapartidas do contrato ainda precisam ser discutidas.

Fonte: UOL

Post anteriorConfira os valores pedidos por Hernán Crespo
Próximo PostEmbalado, São Paulo pega o Fluminense em jogo adiado da 1ª rodada da Superliga
Formado em jornalismo pela Faculdade das Américas. Sempre amei escrever e sempre amei o São Paulo Futebol Clube. Essas duas paixões me motivam a produzir conteúdo sobre o meu time do coração. Mas eu também gosto de falar política, história e entretenimento. Porém, já aviso que minhas opiniões não são simples a respeito de nada. O mundo é complexo e eu não sou diferente.