Éder chega para ser o novo reforço do São Paulo
Foto: Divulgação / Inter de Milão

Éder chega para ser o novo reforço do ataque do São Paulo. O jogador estava recentemente no Jiangsu Suning, onde foi campeão chinês na última temporada, juntamente com o zagueiro Miranda.

O Tricolor passa por um momento de cautela em relação à questão financeira e tem o intuito de fazer contratações pontuais e que se enquadrem à realidade do clube.

Por isso, Éder chega ao São Paulo e assina um contrato de dois anos com salário mensal de R$ 600 mil em 2021 e R$ 700 mil em 2022, mais um prêmio de assinatura de R$ 1 milhão. Conforme informações do repórter Bruno Andrade.

O atleta fez exames médicos nesta última quarta-feira (24) e deve ser anunciado ainda nesta quinta-feira (25) como novo reforço do São Paulo. Para poder entrar em campo, aguarda uma documentação vinda da China para poder ser registrado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF.

No momento, o Campeonato Paulista está suspenso até o dia 30 de março, visto que o Estado de São Paulo está passando pela fase emergencial do Plano SP que visa conter o avanço da pandemia da Covid-19.

Por isso, o elenco do Tricolor segue com os treinamentos no CT da Barra Funda se preparando para o retorno do Paulistão que, segundo a Federação Paulista de Futebol, deve acontecer no dia 31 de março.

Sobre o novo reforço do São Paulo, Éder:

De 2018 a 2020, o brasileiro naturalizado italiano esteve na China jogando pelo Jiangsu Suning. Nesta última temporada, ele foi campeão chinês ao lado de Miranda, também novo reforço do São Paulo. A média de gols do jogador neste período atuando na China é de 0,46 por jogo, com 21 gols marcados em 45 jogos.

Antes disso, Éder estava na Inter de Milão, onde ficou de 2015 a 2017 e entrou em campo em 86 partidas, marcando 14 gols e ficando com uma média de 0,16 por partida. Também chegou a atuar pela Sampdoria, Brescia, Empoli e Frosinone.

Para conhecer mais sobre o novo reforço do São Paulo confira o vídeo feito pelos parceiros do Tática Didática: