Desde o clássico contra o Santos (1 x 1) pelo Campeonato Paulista deste ano, no dia 27 de março, quando balançou as redes e arrancou o empate na Vila Belmiro, o atacante Alan Kardec não deixava a sua marca. No entanto, na noite desta quarta-feira (29), no Morumbi, o camisa 14 fez as pazes com o gol e marcou um dos tentos que garantiu a vitória sobre o Fluminense por 2 a 1 no confronto válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2016.

E assim que a bola parou de rolar no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o centroavante festejou o gol. “Feliz por ter feito um gol que ajudou. Um gol ajuda muito, mas o trabalho tem que continuar. Temos que aproveitar porque traz confiança. A cabeça é o que manda no ser humano. Quando você começa a consertar algumas coisas na parte mental, as coisas começam a melhorar”, afirmou o jogador, que demonstrou oportunismo diante dos cariocas.

Aos 39 minutos do segundo tempo, Douglas errou o passe, Michel Bastos recebeu pela esquerda e cruzou na cabeça de Alan Kardec, que testou firme para fazer 2 a 0! Na comemoração, todos os jogadores fizeram questão de parabenizar o camisa 14, que foi abraçado pelos companheiros. “Foi uma sensação muito boa. Tentei colocar algumas metas, e a primeira delas era ter uma boa atuação. Mas, obviamente, além das atuações queria marcar novamente como hoje”, acrescentou o atacante, que emendou.

“O caminho é longo, mas tracei alguns objetivos. Tudo depende do que eu fizer em campo, mas fico feliz de sair de campo vitorioso com o gol. Lutei bastante, tentei ajudar o time e toda a equipe está de parabéns pela entrega. Com tranquilidade, poderei fazer o meu trabalho”, finalizou Kardec, que foi aplaudido pelos torcedores são-paulinos e deixou o Morumbi com a sensação do dever cumprido.

Let’s block ads! (Why?)