Reinaldo fala sobre provocações dos jogadores do Palmeiras:
Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

O lateral-esquerdo Reinaldo foi o convidado do De Lavada Podcast dos jornalistas Ulisses Costas e João Paulo Cappellanes e falou sobre o atual momento do São Paulo e que vê o time competitivo brigando em todas as competições que disputa.

Entre os assuntos abordados, falou sobre as provocações dos jogadores do Palmeiras desde a final do Campeonato Paulista 2022 e até mesmo no penúltimo confronto entre as duas equipes em que o Tricolor saiu na frente do placar, mas levou a virada por 2×1 pela 13ª rodada do Brasileirão 2022 no dia 20 de junho.

O jogador são-paulino começou explicando do ocorrido após a final do estadual:

“Todo mundo veio me falar e o time dele também que eu não sei perder, eu sei perder, eu perdi a final do Campeonato Paulista e fiquei quieto e eles ganharam e ficaram falando um monte de bobagem e querendo ou não a gente vê. Então, já vem da final do Paulista. Ganha, fica quietinho, já ganhou, parabéns e tal. Até porque um ano antes nós ganhamos deles no Morumbi, fomos campeões em cima deles, não pode esquecer, e nós comemoramos com o nosso torcedor. Não ficamos provocando o Palmeiras, falando um monte de asneira e eles falaram no Campeonato Paulista”.

Ainda disse: “Eu acho que passou do ponto e muito ainda. Nossa equipe veio de um 3×1 e a gente perdeu uma final, tava todo mundo bravo, todo mundo mordido e aí vê o adversário ainda querendo zuar e falar coisas”.

No que se refere ao final do jogo válido pelo Campeonato Brasileiro que termina com vitória palmeirense no Morumbi de virada por 2×1, as imagens da TV mostraram Reinaldo indo tirar satisfação com o Gabriel Menino, e o lateral explicou o motivo:

“Na hora do jogo não, só que depois. Na virada do 2×1, o Gabriel Menino chutou a bola e eu vi, o Luciano viu lá do banco, chutou a bola no nosso torcedor e ficou gritando pro nosso torcedor. Na nossa casa não posso deixar fazer isso. Ele chutou a bola de propósito no nosso torcedor e ficou gritando pro nosso torcedor, beleza. Você acha isso certo? Eu não acho. Eu não vou chegar na casa deles ganhando, ganhar o jogo e chutar a bola nos torcedores porque pode ter crianças, idosos, a bola pegar e acontecer um pior. Eu não aceito isso, ainda mais dentro da nossa casa”.

Assista o podcast completo abaixo ou clicando aqui:

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anterior“Inova.São”: Tricolor faz lançamento no setor tecnológico, fala em mudança de patamar e espera arrecadar milhões
Próximo PostAtacante Marcos Guilherme assina contrato com o São Paulo
Vanessa Dias, 25 anos e sou de Araras, interior de São Paulo. Formada em Relações Públicas, especialista em Mídias Digitais e apaixonada por futebol desde que me conheço por gente. Sou parte do time desde o começo de 2018, onde trabalhamos todos os dias para que a torcida esteja sempre em conexão com o clube do coração.