Presidente do Ceará promete esforço por Pablo:
Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Apareceu no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF nesta sexta-feira (28) a rescisão de contrato do atacante Pablo com o São Paulo, algo que já vinha sendo noticiado nos últimos dias que aconteceria em breve e foi oficializado hoje.

Veja abaixo ou clicando aqui:

O próprio técnico Rogério Ceni comentou em entrevista coletiva esta semana sobre a situação do jogador no Tricolor.

“Acho o Pablo um jogador interessante, se não fosse o São Paulo não teria adquirido o seu passe diante do Athletico Paranaense, talvez ele não tenha performado aqui, não comigo, mas durante o espaçamento de tempo que ele esteve aqui com outros treinadores. Essa é uma decisão mais institucional, são valores expressivos. Eu acho ainda que o Pablo tem tudo para jogar bem em outras equipes, eu acho que isso foi um momento, não deu certo aqui, lembrando que o gatilho dispara por quem confecciona o contrato não por quem escala o jogador em uma partida porque outros treinadores passaram aqui e ele precisava de quarenta pro gatilho disparar, usaram ele em 39. Então, não sou eu que utilizei ele em uma partida que disparo o gatilho. Quem dispara o gatilho é quem faz mal o contrato, quem redige mal um contrato ou não sei qual o motivo, eu nem sei quem redigiu esse contrato, mas redige o contrato é que dispara o gatilho, não é o treinador que usa o jogador que dispara o gatilho salarial ou de tempo de contrato, não é o treinador que usa ele um jogo que é o culpado e sim quem redige o contrato e escolhe a maneira como esse jogador vai remunerado e nem tô falando se ele merece ou não, não julgo dessa maneira. Acho que são bons jogadores, Pablo é um caso deles, que não performou o esperado aqui, mas sempre treinou de forma correta, sempre foi bom profissional, pelo menos comigo aqui”.

O clube do Morumbi tem valores atrasados a serem acertados com Pablo de aproximadamente R$ 2,5 milhões que serão quitados de maneira parcelada. O destino do ex-camisa 9 do Tricolor deve ser o Athletico Paranaense, clube em que ele foi formado e viveu grande fase da sua carreira antes de ser transferido ao São Paulo que, agora, ficará com 30% dos direitos econômicos do atacante.

Com a camisa Tricolor, Pablo disputou 121 jogos, marcou 32 gols e foi Campeão Paulista em 2021.

Post anteriorConfira o calendário do futebol feminino do Tricolor em 2022
Próximo PostTricolor apresentará novidade nos uniformes em 2022
Vanessa Dias, 25 anos e sou de Araras, interior de São Paulo. Formada em Relações Públicas, especialista em Mídias Digitais e apaixonada por futebol desde que me conheço por gente. Sou parte do time desde o começo de 2018, onde trabalhamos todos os dias para que a torcida esteja sempre em conexão com o clube do coração.