Rigoni: um gol, uma assistência e uma bela estreia no Morumbi
Foto: Marcos Ribolli

O argentino atuou pelo lado direito e mostrou que pode ser opção tanto no meio quanto no ataque

Emiliano Rigoni estreou como titular e no Morumbi na noite desta última terça-feira (08). O jogador atuou por 45 minutos na linha de meio campo como um ala pela direita e nos 25 minutos do segundo tempo na linha de ataque, novamente pela direita. Com um gol e uma assistência ele deixou uma boa marca e virou uma alternativa para Crespo.

Nem mesmo o gol do 4 de Julho aos 30 segundos de jogo intimidou Rigoni. O argentino mostrou muita calma e tranquilidade para ajudar o time a construir a virada – esse é um ponto que ele pode contribuir muito no elenco já que tem a calma típica argentina em momentos de dificuldade.

Seguindo a vocação que declarou na apresentação, Rigoni deu profundidade ao time e fez muito bem o corredor pela direita. Em uma dessas jogadas pelo lado direito o jogador ambidestro colocou a bola na cabeça de Gabriel Sara que marcou o 3º gol da noite.

Na volta do intervalo, Crespo colocou Rigoni na linha de ataque ao sacar Eder (em seu lugar entrou Igor Vinícius). E aos 17 minutos o jogador foi premiado com seu primeiro gol com a camisa do São Paulo, o jogador bateu após passe de Luciano e contou com o desvio da defesa para comemorar pela primeira vez com o manto Tricolor.

Aos 23 minutos do segundo tempo, Rigoni deixou o jogo para a entrada de Igor Gomes. Na saída, um abraço acalorado em Hernán Crespo deixou claro que a dupla argentina está entrosada.

Confira os números de Rigoni

  • Minutos jogados: 70
  • Gol: 1
  • Assistência: 1
  • Toques na bola: 62
  • Passes: 41 (76% de acerto)
  • Passes chave: 2
  • Cruzamentos: 10 (33% de acerto)
  • Lançamentos: 4 (75% de acerto)
  • Dribles: 5 (100% de acerto)
  • Duelos vencidos: 7 (71% de duelos vencidos)
  • Perdas de bola: 18
  • Faltas: 1
  • Interceptações: 2

Confira o mapa de calor do argentino

Mapa de Calor Rigoni
Dados – SofaScore
Post anteriorAnálise: São Paulo precisa de ajustes, mesmo com goleada | Tática Didática
Próximo PostLuciano e Gabriel Sara se destacam na vitória do Tricolor contra o 4 de Julho
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.