Rodrigo Nestor elogia atitude de Zubeldía: “Importantíssima a ida dele a Cotia”

Foto: Miguel Schincariol / São Paulo FC

O técnico Luis Zubeldía foi conhecer a estrutura do CFA Laudo Natel, em Cotia, e interagir com os treinadores e jogadores das categorias de base do São Paulo.

Em entrevista ao Globo Esporte, a atitude foi elogiada por Rodrigo Nestor, meia formado na base Tricolor e peça fundamental no atual elenco profissional do São Paulo.

“Importantíssima a ida dele. Cotia tem uma estrutura enorme que tem que dar rendimentos ao clube. O treinador que está aqui tem que ir lá ver mesmo. Às vezes o cara está aqui e só escuta falar, não tem ideia de tanta qualidade que temos lá de jogadores, de profissionais, de estrutura. Foi legal, não lembro de outro treinador que tenha ido lá. Eu mesmo faz um tempinho que não vou, acho legal a interação”.

O treinador argentino contou sobre a experiência e a metodologia que utiliza de primeiro observar os jovens atletas onde já estão acostumados a jogar para depois leva-los para o local onde treinarão com os profissionais.

“Não é uma visita apenas para conhecer, é uma visita pensando em curto, médio e longo prazo no time principal. Não gosto de perder tempo. Estou trabalhando com todo o corpo técnico para ver se podemos encontrar jogadores para fortalecer nosso time principal. Poderia te dizer uma equipe inteira de casos que tive a oportunidade de observar e em pouco tempo jogaram no time principal. Entendo que o número de jogadores de um elenco é sempre amplo, mas sempre temos que estar atentos, assim diz a minha experiência. Os juvenis têm esse fator surpresa, e temos que estar atentos para poder detectá-los”.

E completou: “O primeiro passo é vê-los em seu habitat e o segundo é tirá-los daqui e levá-los ao CT da Barra Funda para que eu os veja em um lugar onde não estão tão habituados a ir, até para que se sintam um pouco incomodados com a presença de toda a comissão. E o terceiro passo é mesclá-los e colocá-los para competir com nosso time principal. Atualmente temos mais de 40% dos jogadores formados no clube e temos que dar tempo para eles, para que ganhem espaço”.

Receba notícias do SPFC no WhatsApp e Telegram.
Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter.

Compartilhe esta notícia
Comente!