Foto: Reprodução / São Paulo FC

O São Paulo está ativo no mercado, de forma ativa e passiva. Além de muitas especulações sobre a vinda de jogadores, alguns nomes estão deixando o elenco numa espécie de reformulação coordenada pela diretoria. Um desses a deixar o Tricolor foi Orejuela. O lateral, que chegou no início do ano para fazer sombra a Daniel Alves, não conseguiu se firmar e acabou sendo emprestado para o Grêmio.

Contratado por quase 13,5 milhões de reais – uma das transações mais caras do São Paulo nos últimos anos -, o lateral-direito passou alguns jogos sem sequer ser relacionado no Campeonato Brasileiro. Como forma de enxugar as despesas e renovar o elenco, a diretoria o negociou com o time gaúcho, e o acerto envolveu o pagamento de parte dos vencimentos do jogador.

De acordo com informações do Canal do Nicola, o São Paulo arcará com 60% dos vencimentos de Orejuela em 2022. O colombiano terá o salário consideravelmente aumentado por ter alcançado alguns gatilhos estipulados contratualmente. Assim sendo, o lateral receberá 500 mil reais por mês, dos quais 300 mil serão pagos pelo time do Morumbi e 200 mil pelo Grêmio.

Confira abaixo o vídeo com a apuração completa de Nicola. Ou clique aqui.

Post anteriorAtacante Jaqueline se despede do São Paulo
Próximo PostCom limpa no elenco, São Paulo economizará 1,6 milhão por mês
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.