São Paulo busca responsável pela dispensa de Endrick

Foto: Palmeiras

Endrick, que atualmente tem 16 anos, foi vendido na semana passada pelo Palmeiras ao Real Madrid, da Espanha, por 72 milhões de euros (R$ 394 milhões), na cotação atual. Esta transição acabou movimentando os bastidores do Morumbi.

Isso porque o jogador fazia parte das categorias de base do São Paulo quando tinha entre 9 e 10 anos e acabou sendo dispensado em 2016. Segundo a ESPN, com a venda do atleta ao clube espanhol, o Tricolor fará uma investigação para saber os motivos e de quem foi a responsabilidade pela dispensa de Endrick na época, visto que se concluiu que o clube sofreu vários prejuízos decorrentes disso. Não apenas na questão financeira, mas também na parte técnica e de imagem.

Portanto, após reunidas, as informações serão transmitidas à Comissão de Ética do Conselho Deliberativo para que sejam tomadas as devidas providências, lembrando que o time era presidido por Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, neste período.

Endrick chegou a publicar um vídeo em julho deste ano em que citava a dispensa do Tricolor e em uma parte escreveu: “São Paulo: Não conseguimos arcar com a moradia e emprego para os seus pais. Você está liberado!”.

Confira:

Caso não consiga visualizar o vídeo clique aqui.

Abaixo, você confere alguns lances de Endrick quando atuou pela base do São Paulo:

Caso não consiga visualizar o vídeo clique aqui.

Receba notícias do SPFC no WhatsApp e Telegram.
Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter.

Compartilhe esta notícia