Edgardo Bauza nunca escondeu da diretoria do São Paulo que a Seleção argentina sermpre foi sua prioridade (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)Edgardo Bauza nunca escondeu da diretoria do São Paulo que a Seleção argentina sermpre foi sua prioridade (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O nome de Edgardo Bauza ganhou muita força na Argentina para assumir a Seleção vice-campeã das duas últimas Copas Américas. Após comandar o treino do São Paulo, nesta quinta, o treinador recebeu um contato da AFA, federação que comanda o futebol argentino, e imediatamente se colocou à disposição para assumir o cargo. Segundo a imprensa local, o técnico vai se encontrar com Armando Pérez, presidente da Comissão Normalizadora da AFA, na tarde desta sexta-feira, e deve realizar sua última atividade como técnico do Tricolor pela manhã.

No início da noite, Bauza falou aos dirigentes do clube do Morumbi sobre reunião com a federação de seu país. O São Paulo, então, emitiu um breve comunicado em que explica que, por ora, não há nenhuma confirmação de que Patón deixará o comando da equipe.

“O técnico do São Paulo, Edgardo Bauza, recebeu na tarde desta quinta-feira (21) um convite para se reunir com os dirigentes da Associação de Futebol da Argentina (AFA). Patón é um dos candidatos a assumir a seleção de seu país. A diretoria do São Paulo tomou conhecimento do convite no início da noite desta quinta-feira, em conversa com o treinador. Patón, contudo, não tem nenhum compromisso com os argentinos e seguirá seu trabalho à frente do São Paulo normalmente nas atividades programadas”, diz a nota oficial.

Patón Bauza tentou agendar o encontro para a próxima semana, após o compromisso do São Paulo pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo, diante do Grêmio, em Porto Alegre. Mas, com a concorrência de Miguel Angel Russo, técnico que não vive bom momento na carreira, mas ganhou a Copa Libertadores da América com o Boca Juniors, em 2007, Bauza foi informado de que não há tempo para esperar.

Apesar da ampla maioria dos integrantes da Comissão Normalizadora terem preferência pela contratação do treinador são-paulino, campeão da Libertadores com o San Lorenzo em 2014, Carolina Cristinziano, única mulher do grupo, faz campanha por Russo. Por isso há necessidade de agilizar as conversas com Bauza.

A tendência é de que a definição seja rápida. Talvez já nesta sexta a AFA anuncie Bauza como substituto de Tata Martino, último comandante da Seleção argentina, mas também existe a possibilidade de Patón se despedir do Tricolor no confronto com o Grêmio. Dificilmente não acontecerá um acordo entre as partes.

Edgardo Bauza foi anunciado como técnico do São Paulo dia 17 de dezembro do ano passado. Neste período, o técnico de 58 anos conquistou 16 vitórias e perdeu 16 vezes também, além de 11 empates. Sob seu comando, a equipe do Morumbi caiu nas quartas de final do Campeonato Paulista para o Audax, foi até a semifinal da Copa Libertadores da América, quando sucumbiu diante do Atlético Nacional, da Colômbia, e atualmente ocupa a 9ª colocação no Campeonato Brasileiro, com 22 pontos.


São Paulo conta com ajuda de estrangeiros para reagir no Brasileiro

Especulado no São Paulo, Pratto não se vê em outro clube do Brasil

Ytalo passa por cirurgia e pode não jogar mais pelo Tricolor