São Paulo vence bem o Avaí no Morumbi
Foto: Rummens

O São Paulo recebeu o Avaí, no Morumbi, com o pensamento já voltado para a grande final da Copa Sul-Americana, contra o Independiente del Valle. A torcida compareceu em peso, e o time conseguiu um bom resultado – que o afasta mais da zona de perigo do Campeonato Brasileiro. Os gols do time foram marcados por Diego Costa, Luciano, Patrick e Eder. O Tricolor agora ocupa a 10ª colocação da competição com 37 pontos e colocou, de quebra, 9 de diferença no próprio Leão da Ilha, que abre a zona de rebaixamento.

1º tempo

Rogério Ceni escalou um time considerado como possível ideal, mas com Rafinha na direita – em vez de Igor Vinícius. O jogo começou morno, mas esquentou após uma polêmica: Bruno Silva, do Avaí, levou amarelo após chutar Nestor sem bola. Em ato contínuo, ele colocou a mão no rosto de Calleri, mas o juiz não o tirou de campo.

Aos 23 minutos, após boa jogada de Reinaldo, Patrick quase abre o marcado, mas a bola foi desviada e foi para escanteio. Na sequência, Diego Costa aproveitou o cruzamento perfeito do escanteio cobrado por Reinaldo e marcou, de cabeça, o primeiro da equipe tricolor. Nos últimos minutos da etapa inicial, Reinaldo encontrou Nestor, que cruzou para Luciano, que, quase caído, empurrou para as redes do Avaí: 2×0. Pablo Maia ainda quase marca, em um bom chute de fora da área, mas o goleiro colocou para escanteio. E aí aconteceu o momento mais bonito do jogo: Patrick dominou a bola com o peito e deu um voleio lindo, marcando o terceiro do São Paulo.

2º tempo

E o São Paulo seguiu intenso. Logo aos 10 minutos do segundo tempo, quase o Tricolor ampliou; após um cruzamento de Rafinha, Calleri recebeu livre e mandou por cima do gol. Aos 18, Alisson perdeu uma chance clara, ao tentar tirar do goleiro em um bom lance de contra-ataque.

Aos 20 minutos, duas substituições: saíram Pablo Maio e Calleri, entraram Luan e Eder. Aos 27 minutos, o Avaí chegou com perigo, mas o goleiro Felipe Alves buscou uma boa cabeçada e espalmou para escanteio. Com 30 minutos, Nestor, um dos melhores em campo, deu lugar para o argentino Giuliano Galoppo. No minuto 36, Ceni trocou Alisson e Patrick por Marcos Guilherme e Igor Gomes. Reinaldo ainda quase marcou o quarto, em um chute cruzado, aos 42 minutos. Mas quem balançou as redes mais uma vez foi Eder: aos 47, o ítalo-brasileiro recebeu um cruzamento truncado de Igor Gomes e cabeceou bem, fechando o placar.

Ficha Técnica

SÃO PAULO 4 x 0 AVAÍ

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 25/09/2022 (domingo)
Público: 36.510 torcedores
Renda: R$ 1.499.659,00

Gols: Diego Costa (24/1T), Luciano (47/1T), Patrick (50/1T) e Eder (47/2T)

Cartões amarelos: Bruno Silva (16/1T), Nestor (19/1T), Mateus Sarará (26/1T), Paolo Guerrero (19/2T), Bressan (21/2T) e Marcos Guilherme (45/2T)

SÃO PAULO: Felipe Alves; Rafinha, Diego Costa, Léo e Reinaldo; Pablo Maia (Luan, 20/2T) e Nestor (Galoppo, 30/2T); Patrick (Marcos Guilherme, 36/2T), Alisson (Igor Gomes, 36/2T), Luciano e Calleri (Eder, 20/2T). Técnico: Rogério Ceni.

Avaí: Glédson; Kevin, Bressan, Rafael Vaz e Thales (Pablo Dyego, intervalo); Mateus Sarará (Jean Cléber, 35/2T), Bruno Silva e Jean Pyerre (Muriqui, intervalo); Natanael, William Pottker (Lucas Silva, 35/2T) e Bissoli (Paolo Guerrero, 16/2T). Técnico: Lisca.

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)
Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)
Quarto Árbitro: Thiago Luis Scarascati (SP)
Árbitro de Vídeo: Rodrigo Nunes de Sa (RJ)
AVAR: Silbert Faria Sisquim (RJ)
Observador de VAR: Hilton Moutinho Rodrigues (RJ)

Veja também:

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorCom Rafinha titular, o São Paulo está escalado para enfrentar o Avaí no Morumbi
Próximo PostSão Paulo 4 x 0 Avaí | Campeonato Brasileiro
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments