Vitor Bueno aguarda ofertas, mas deve ser atleta do Athletico-PR
Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

São Paulo e Vitor Bueno negociam uma rescisão contratual. O vinculo do improvisado atacante com o clube iria até 2023, mas a intenção é chegar a um denominador comum para que ele fique livre para negociar com outros clubes. O distrato seria amigável e contaria com o aval do técnico Rogério Ceni. A apuração é do Globo Esporte.

Apesar de ter se reapresentado com o restante do grupo na última segunda (10), Vitor Bueno estava treinando em separado – o que reforçava o intuito do clube em não mais contar com os seus serviços na temporada. O meia-atacante estava na lista de negociáveis do time do Morumbi, mas não houve nada concreto até o presente momento.

Vitor Bueno chegou a encaminhar negociações com um clube japonês. Todavia, a pandemia esfriou as tratativas com o clube asiático e não houve outras propostas formais ao São Paulo. Além disso, o Grêmio e o Ceará demonstraram interesse em contar com o atacante, mas sem apresentação de propostas concretas.

O outrora camisa 12 foi comprado em definitivo no ano de 2019 em uma troca envolvendo o atacante Raniel. O time herdou cerca de 13 milhões de dívidas com o representante do atleta por 50% de seus direitos econômicos. Pelo São Paulo, Vitor Bueno disputou 120 jogos e fez 16 gols.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorO Campinense-PB será o primeiro adversário do São Paulo na Copa do Brasil 2022
Próximo PostSaiba mais sobre o Campinense, adversário do São Paulo na primeira fase da Copa do Brasil
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.