#NotíciaAT – São Paulo vai mal e empata com o Bahia com um a menos

O São Paulo empatou em 0x0 com o Bahia no Morumbi no jogo que acabou há pouco pela quinta rodada do Brasileirão, atuando com um a menos, após expulsão injusta de Toró.

Após uma incerteza no início da partida, com Hernanes sofrendo um desconforto e sua escalação demorando a ser confirmada, o Tricolor entrou em campo com seu time principal.

Nos primeiros momentos de jogo, infelizmente, Liziero se antecipou em uma roubada de bola, e na dividida, sofreu uma torção no tornozelo e teve que deixar a partida.

Tornozelo de Liziero após sua saída de campo

O time sofreu com a queda de qualidade na saída de jogo e com Hernanes ainda avançado, não houve criação de jogadas.

O Bahia assustou muito nos contra ataques e embora o São Paulo tenha acertado a trave do adversário, chutava pouco no gol.

Tomamos alguns sustos e a tônica da primeira etapa foi o São Paulo de um lado tentando furar o bloqueio baiano enquanto tentava se cuidar para não levar um gol de contra ataque.

Segundo tempo

Cuca optou por tirar Pato, que ainda volta de contusão e colocou Helinho. O time voltou um pouco mais ligado no ataque e durante os primeiros minutos chegou algumas vezes.






Após os 10 primeiros minutos, voltou a levar sustos e Walce salvou o que seria o gol do Bahia, desarmando o atacante na hora do chute, cara a cara com Volpi.

Ainda com enormes dificuldades na armação e finalização de jogadas, Cuca chama Nenê depois de algum tempo fora do time em substituição a Hernanes, fazendo a última alteração da equipe.

Expulsão via VAR

Aos 27 minutos, após uma dividida entre Toró e o goleiro do Bahia, o árbitro consulta o VAR, retira o cartão amarelo que havia aplicado e expulsa o atacante são-paulino.

Os critérios da arbitragem estão cada vez mais confusos quando os jogos são no Morumbi. Pato foi agredido em outra partida, Liziero saiu lesionado e parece que apenas para um lado a lei se aplica.

Daí para o final, foi só na base da vontade e sem muita organização.

O time, sem um atacante de ofício, abusava dos cruzamentos para os pequenos Helinho e Antony e não conseguiu fazer muito. Aos 36 ainda quase leva um gol, com Volpi salvando um voleio de Gilberto.

O Bahia passou a pressionar, chutar mais de fora e entrar com facilidade na nossa zaga e aos 42 minutos, o empate já era dado como lucro para o São Paulo.

Os 44.640 torcedores que compareceram ao Morumbi sofreram até o último minuto com a expectativa de um gol achado, mas diante das condições do jogo, não perder era o mais importante.

O São Paulo entra em campo na quarta, novamente contra o Bahia pela Copa do Brasil. É o jogo de ida das oitavas de final.

#VamoSãoPaulo

Comente com sua conta do Facebook: