São Paulo vence a LDU em noite de estreias no Morumbi

O São Paulo fez a sua lição de casa e bateu a LDU de Quito por 3 a 0, no Morumbi. Apesar do placar, o jogo teve momentos angustiantes, além de termos um jogador importante sofrendo lesão.

O início de jogo foi truncado mas, em jogada inteligente de Antony, que pegou a sobra num bate-rebate, correu para a linha de fundo e tentou cruzar, o São Paulo teve um pênalti a seu favor por um toque de mão de Guerra.

Reinaldo assumiu a cobrança e chutou forte no canto esquerdo de Gabbarini, que até acertou o canto, mas não teve chances.

Logo em seguida, em questão de 2 minutos, Daniel Alves dominou a bola após chutão do goleiro adversário, jogou com Tchê Tche que abriu na direita para Pato. O camisa 7 cruzou, a bola passou por todo mundo até chegar em Reinaldo, que simplesmente colocou a bola no pé esquerdo de Daniel Alves, que apenas empurrou para o gol.

Tudo indicava que o São Paulo ia destruir o adversário, que teríamos uma goleada ou, ao menos, uma partida tranquila. No entanto, o time recuou muito e deixou a LDU jogar. Mesmo com o time equatoriano não criando praticamente nada, o Tricolor foi apático e deixou o adversário trocar passes à vontade.

Fernando Diniz sinalizava diversas vezes para que o time se adiantasse, assim como Bruno Alves, que chegou a pegar no braço dos companheiros e os levava para frente quando a defesa afastava para longe. O São Paulo conseguiu se segurar até o final do primeiro tempo.

No segundo tempo, o jogo começou da forma que tinha terminado no primeiro tempo. A LDU ainda pressionava o São Paulo, mas o time se defendia muito bem. Aos 16 minutos, o São Paulo armou uma jogada de almanaque. Pato recebeu na entrada da área, pela esquerda, esperou a passagem de Vitor Bueno, que cruzou rasteiro para a chegada de Igor Gomes, que só tocou para o gol.

Daí em diante o jogo mudou de lado, o São Paulo passou a tomar conta da partida, trocando bons passes com certo espaço e facilidade. Seis minutos após o terceiro gol do São Paulo, Daniel Alves e Sornoza se estranharam em uma dividida e o ex-corintiano socou as costas do nosso camisa 10. Pro azar dele, o árbitro viu e expulsou o jogador da LDU.

Ali se consolidou o domínio do São Paulo, que levou a partida do jeito que quis mas, como sempre, desperdiçou alguns gols. Final, São Paulo 3, LDU, 0.

A partida marcou a estreia do novo uniforme, novo patrocinador na manga da camisa, bem como a estreia de Juanfran em uma partida de Libertadores da América. Por sinal, o espanhol jogou muito bem.

No entanto, tivemos uma lesão e, por consequência, uma substituição quase rara: Tiago Volpi levou um chute na mão direita em uma dividida e precisou ser substituído por Lucas Perri ainda aos 14 minutos do segundo tempo, dois minutos antes do terceiro gol Tricolor. Por incrível que pareça, o jovem goleiro só tocou na bola pra lá dos 40 minutos, quase no fim do jogo. Juanfran estava com a bola e recuou intencionalmente para o jovem, que recebeu aplausos da torcida.

O próximo jogo do São Paulo é contra o Santos, sábado, no Morumbi, pela antepenúltima rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. Na próxima terça, o São Paulo recebe o River Plate, também no Morumbi, pela última partida do turno da Libertadores.

Foto: Rummens

Comente com sua conta do Facebook: