São Paulo vence o Everton e reassume a liderança
Foto: Rummens

Na noite desta quinta-feira, o São Paulo enfrentou a equipe chilena do Everton, no Morumbi, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. O time do técnico Rogério Ceni enfrentou problemas antes mesmo de entrar em campo: Jandrei havia sido escalado para entrar como titular, mesmo com a equipe alternativa, mas sentiu uma indisposição e foi substituído por Tiago Volpi. Com isso, o Tricolor passou pela situação inusitada de não ter goleiro no banco de reservas.

Entenda abaixo, por meio da informação do jornalista Eduardo Rodrigues, do GE. ou clique aqui.

Estrangeiros em baixa

Outra baixa importante no jogo foi o volante uruguaio Gabriel Neves. Contudo, a sua ausência foi uma opção técnica de Ceni – o que demonstra a perda de espaço do jogador no elenco. A escalação surpreendeu pela preterição de Emiliano Rigoni; o argentino não foi escalado ao lado de Luciano, abrindo espaço para os garotos Juan e Toró.

Resumo do jogo

Em uma partida morna feita por um São Paulo alternativo, as bolas paradas resolveram para o time do Morumbi. Com uma cobrança de falta para o gol de Arboleda e uma de escanteio para o gol de Talles Costa, o Tricolor venceu o Everton e voltou à liderança do grupo D da Copa Sul-Americana. Agora o time de Rogério Ceni volta os olhos para o Brasileirão, onde terá um desafio difícil contra o Flamengo, no Maracanã.

Primeiro tempo

O Tricolor aproveitou a fragilidade do adversário e conseguiu se impor desde os primeiros momentos. Aos 22 minutos, após um cruzamento perigoso da esquerda de Reinaldo, o time quase abriu o placar, com a bola atravessando a área com muito perigo. Aos 26, após um toque errado de Miranda, Arboleda tomou cartão amarelo depois de fazer uma falta para evitar o contra-ataque do Everton.

Aos 30 minutos, a insistência resultou em gol: mais um cruzamento de Reinaldo cruzado à área, Arboleda pegou o rebote na área e abriu o placar para o São Paulo. Segundo dele no torneio, artilheiro do time.

Igor Gomes, que usou a braçadeira de capitão, levou amarelo após fazer uma falta para matar a saída de bola do “Oro y Cielo”.

Aos 41 minutos, Volpi quase entrega um gol. O goleiro foi proteger a bola e acabou se atrapalhando, mas o atacante do Everton errou a meta ao roubar a bola. E essa foi a última emoção da primeira etapa.

Segundo tempo

O São Paulo subiu diferente para a etapa final. Saíram Toró e Juan e entraram Rigoni e Patrick. Apesar das substituições, a equipe não conseguiu obter um bom volume de jogo e não foi criativo nas iniciativas. Com a inércia de ações, Ceni fez alterações aos 18 minutos: saíram Luciano e Luan para as entradas de Nestor e Sara, que voltaram de lesão.

Aos 22 minutos, quase Nestor amplia o placar. O Tricolor tentou dois cruzamentos na área e a bola sobrou livre para o volante, que deu um sem pulo tirando tinta da trave do goleiro De Paul.

Ceni, aos 32 minutos, colocou Calleri no lugar de Reinaldo.

Apenas aos 40 minutos, o São Paulo voltou a chegar com perigo. Patrick fez uma linda jogada, com uma caneta no adversário, e cruzou na área, e a bola saiu para escanteio. Após a cobrança de Rigoni, houve um desvio para trás de Arboleda e Talles Costa, de primeira, marcou o seu primeiro gol como profissional e o segundo gol tricolor.

E não deu tempo para mais nada. São Paulo venceu e ouviu os gritos de “Olé!” ao final da partida.

Ficha Técnica

SÃO PAULO 2 x 0 Everton-CHI

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 14/04/2022 (terça-feira)
Público: 30.307
Renda: R$ 878.265,00

São Paulo: Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Miranda e Reinaldo (Calleri, 32/2T); Luan, Igor Gomes (C) e Talles; Luciano, Toró (Patrick, intervalo) e Juan (Rigoni, intervalo). Técnico: Rogério Ceni.

Gols: Arboleda, 30/1 e Talles Costa, 40/2;

Everton: De Paul; Ibacache, Oyarzún, Barroso, Echeverría, Campos; Berríos, Madrid, Sánchez; Di Yorio y Cuevas.. Técnico: Francisco Meneghini.

Árbitro: Pablo Echavarria (ARG)

Assistentes: Ezequiel Brailovsky (ARG) e Sebastian Raineri (ARG)

Quarto árbitro: Patricio Loustau (ARG)

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorJandrei tem indisposição e está fora do jogo de hoje; Gabriel Neves nem relacionado foi
Próximo PostEm casa e com time misto, SPFC vence mais um jogo na Sul-Americana | Veja as estatísticas
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.