São Paulo vive expectativa de contar com a dupla Rigoni e Calleri na próxima rodada
Foto: São Paulo FC

De olho no próximo compromisso no Brasileirão, diante do Internacional em casa, o São Paulo vive a expectativa de contar com o retorno da dupla argentina Rigoni e Calleri. Os dois jogadores estão no departamento médico e foram desfalques no último domingo (24) na derrota de 1×0 contra o Red Bull Bragantino.

Calleri foi substituído no fim do clássico contra o Corinthians após sentir a coxa direita, mas não foi constatada qualquer lesão depois da realização de exames de imagem, mas, sim, um edema. Assim, a tendência é que o “homem gol” do Tricolor retorne contra o Inter, já que o elenco terá uma semana livre para treinamentos.

Rigoni está em fase final de recuperação de um estiramento na coxa esquerda. O argentino sentiu a lesão em partida contra o Cuiabá no dia 11 e desde então foi desfalque para equipe. Já foram três jogos em que o São Paulo não pode contar com a presença de Rigoni, com ótimas participações, o argentino tem sido peça fundamental no elenco.

Na última semana, os argentinos chegaram a trabalhar com bola no CT da Barra Funda, indicando que precisarão de mais alguns dias para voltar a treinar com o restante do elenco. Isso deve acontecer nessa semana de preparação para o duelo diante do Internacional.

Segundo dados apresentados pelo repórter da Gazeta Esportiva, Marcelo Baseggio, a dupla de argentinos representam o “coração” do ataque do São Paulo. E isso se prova através dos números. Calleri e Rigoni participaram de 50% dos gols marcados pela equipe no Campeonato Brasileiro. O primeiro balançou as redes três vezes. Já o segundo marcou quatro gols e deu outras quatro assistências.

Caso ambos reúnam condições de jogo, o técnico Rogério Ceni poderá promover novas mudanças no sistema tático do São Paulo, passando a atuar com três atacantes, o que diminuiria a quantidade de meio-campistas da equipe.

Publicidade
Post anterior“Gostaria que o final tivesse sido de uma maneira diferente”, afirma Daniel Alves sobre o SPFC
Próximo PostPara brigar por titularidade, São Paulo pode ir em busca de goleiro para a próxima temporada