Rodrigo Freitas deve deixar o São Paulo
Foto: Divulgação / São Paulo FC

O São Paulo encerrou agora há pouco a preparação para enfrentar o time do Novorizontino pela 4ª rodada do Campeonato Paulista.

Com diversos problemas causados pela pandemia, o treinador Hernán Crespo terá que quebrar a cabeça para formar a equipe, especialmente a defesa. Arboleda, titular absoluto, recebeu uma folga e não conseguiu retornar do Equador. Léo, que vem atuando como terceiro zagueiro, testou positivo para Covid-19, seu substituto imediato seria Diego Costa, mas ele também contraiu o vírus. Portanto, o único titular disponível para Crespo é Bruno Alves, que deverá ter como parceiros jogadores que não atuam com frequência na defesa Tricolor.

A fim de suprir as necessidades da zaga, o zagueiro Luizão, das categorias de base, foi chamado para reforçar o time principal, entretanto acabou sendo mais um afastado por conta do coronavírus. Para não ter que ficar sem ninguém entre os reservas, mais um garoto de Cotia foi chamado: o também defensor Lucas Beraldo, que se juntará a Gabriel Rodrigues (lateral), Talles Costa (meia) e Vitinho (atacante).

Assim, a defesa do São Paulo para a partida deste sábado (13) pode ter uma dupla com Bruno Alves e Rodrigo Freitas ou um trio com Luan juntando-se a eles como um zagueiro. Essa pode ser uma chance para Rodrigo mostrar seu trabalho já que atuou apenas uma vez como profissional do time, em 2019, contra o São Bento. Depois disso ele foi emprestado ao futebol português, mas retornou quando Anderson Martins foi vendido. No elenco da temporada passada, o jovem zagueiro não jogou um minuto sequer com Fernando Diniz.

A provável escalação do São Paulo deve ser: Tiago Volpi; Bruno Alves, Luan e Rodrigo Freitas; Igor Vinicius, Tchê Tchê (Rodrigo Nestor), Daniel Alves, Gabriel Sara e Reinaldo; Luciano e Pablo.