“Se a equipe está completa, somos complicados para os adversários”

Superior durante a maior parte do tempo, o Tricolor criou boas oportunidades para derrotar o Sport na noite desta quinta-feira (23), no Morumbi, mas ficou no empate sem gols com o Sport no confronto válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro de 2016. Assim como o elenco são-paulino, o técnico Edgardo Bauza lamentou o resultado e avaliou a partida com os pernambucanos, que contou com boas investidas dos paulistas apesar do resultado.

“A equipe fez um esforço, tratou de ganhar, buscou por todos os lados, por cima, por baixo. Não tivemos muito afinados na hora de concluir. E aí foi o problema da equipe. No segundo tempo, o time se encontrou. Com as mudanças, deixei a equipe mais ofensiva. Mas mesmo assim não conseguimos ganhar”, avaliou o experiente treinador argentino durante a coletiva de imprensa.

Para encarar os nordestinos, Bauza não pôde contar com Lucas Fernandes, Breno e Wellington (cirurgias de ligamento cruzado), Carlinhos e Hudson (recuperados de lesões musculares, aprimoram a forma física), Wesley (estiramento na coxa direita), Mena (estiramento músculo posterior da coxa direita) e Calleri (suspenso pelo terceiro cartão amarelo). No entanto, apesar das baixas, Patón teve o retorno do meio-campista Thiago Mendes – cumpriu suspensão diante do Flamengo (2 x 2) no último final de semana.

Dessa forma, os paulistas foram escalados com Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Matheus Reis; João Schmidt, Thiago Mendes e Paulo Henrique Ganso; Michel Bastos, Kelvin e Ytalo. “Me preocupa muito mais é o nível que alguns atletas. No último mês, tivemos oito jogadores machucados. Isso é o que mais me preocupa. Todos os anos se mudam as condições do campeonato. Temos perdidos muitos pontos como mandantes, mas temos ganho alguns como visitante. Mas se a equipe está completa, somos complicados para os adversários, finalizou.






Let’s block ads! (Why?)

Comente com sua conta do Facebook: