Igor Amorim / saopaulofc.net
Igor Amorim / saopaulofc.net

Com um jogador a menos, o Tricolor que havia vencido a primeira partida por 4×3, perdeu no tempo normal por 1×2 e levou o título ao acertar todas as cobranças, na casa do rival.

Não foi fácil, mas o São Paulo mostrou a força de seu time Sub-20, totalmente remodelado em comparação aos últimos anos de conquistas e saiu da casa do Palmeiras com o título da Supercopa do Brasil da categoria.

O título garante ainda uma vaga na Taça Libertadores da categoria em 2019, competição que o Tricolor já venceu em 2016.

A Supercopa do Brasil Sub-20 reúne o Campeão da Copa do Brasil Sub-20 (o São Paulo) em um duelo contra o dono do título do Brasileirão Sub-20 (Palmeiras) em duas partidas.

Na noite de ontem, o Palmeiras venceu por 2 a 1 no tempo normal (O São Paulo havia vencido o jogo de ida por 4 a 3, no Morumbi). Com isso, a decisão foi para os pênaltis e o herói foi o goleiro Júnior, que pegou a cobrança de Wesley, garantindo o placar de 5 a 4 ao São Paulo.

Fabinho abre o placar no Allianz
Foto: Afonso Pastore / saopaulofc.net

O Tricolor abriu o placar logo no início do jogo com Fabinho, mas o jogador Diego, do São Paulo, foi expulso aos 32 minutos da primeira etapa, dificultando muito a vida do time.

Vitão empatou de cabeça, e Papagaio, jogador que atua na equipe profissional do Palmeiras, fez um golaço de voleio aos 38 do segundo tempo e levou a decisão para os pênaltis.

Brilhou a estrela do goleiro Júnior, e de Gabriel Novaes, que bateu a penalidade do título.

Junior faz a defesa na cobrança de pênaltis
Foto: Afonso Pastore / saopaulofc.net

A partida teve um bom público: 13.840 torcedores. O ingresso era trocado por um kg de alimento não perecível.

Festa dos Tricolores na casa do rival e mais um título para a galeria do time de base mais vitorioso do país! Parabéns molecada!

Veja os melhores momentos e pênaltis do título:

https://www.youtube.com/watch?v=g8v0zGDWavQ


Post anteriorPedro Smania celebra conquista do Brasileirão de Aspirantes
Próximo PostDescoberto o erro de uma década no São Paulo
42 anos, paulistano, são-paulino e um dos criadores do Arquibancada Tricolor. Apaixonado por Formula 1, Futebol, boa música e tecnologia!