Thiago Carpini revela os bastidores da saída do São Paulo

Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Thiago Carpini assumiu o São Paulo após Dorival Júnior aceitar o convite para assumir a Seleção Brasileira. O anúncio aconteceu no dia 11 de janeiro e a permanência do clube foi até 18 de abril, quando foi demitido.

Ao todo, foram 18 jogos de Thiago Carpini à frente do Tricolor, com o título da Supercopa Rei, sete vitórias, seis empates e cinco derrotas.

Em entrevista ao programa Zona Mista do Hernan, do UOL, Carpini foi questionado sobre a saída do São Paulo e revelou os bastidores do ocorrido.

“Não podemos dizer que foi injusta, é o futebol. Justo, eu não acho que tenha sido. Naquele momento faltou um pouco de comunicação de todas as partes. Eu já sabia, não sou um menino, tenho 39 anos, e se tem algo positivo do meu trabalho é a percepção de ambiente, de vestiário, de atletas. Você começa a entender quando as coisas vão ter um final feliz ou não. Esse foi um momento muito difícil da minha vida, mas que me amadureceu muito. O São Paulo me fez muito melhor”.

Receba notícias do SPFC no WhatsApp e Telegram.
Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter.

Compartilhe esta notícia
Comente!