São Paulo terá força do Morumbi em decisão do Sub-20
Foto: Rummens

O ingresso do estádio do Morumbi na partida desta quinta-feira contra o Santos gerou um problema entre o clube e o torcedor. O valor de R$ 110,00 foi visto como “salgado” e afastou o torcedor comum da casa Tricolor. O clube informou nos bastidores que o alto valor faz parte de um planejamento para que o número de sócio torcedor cresça – será dado um desconto ao torcedor que tem algum plano fixo com o clube.

Segundo o GE, o custo de operação do estádio é de R$ 400 mil e está também é uma das justificativas para o alto valor neste primeiro retorno. Sem a torcida, o clube tem uma média de gastos de R$ 70 mil.

Mesmo assim, os torcedores insatisfeitos usaram as redes sociais para criticar a equipe, e o “barulho virtual” fez efeito, pois, nesta quarta-feira, o São Paulo anunciou a nova tabela de preços das arquibancadas do Morumbi.

Os valores foram condicionados a liberação do público em 100% no estádio (a previsão é de que o público possa voltar na totalidade em 1º de novembro). A nova tabela de preços coloca o valor de arquibancada (vermelha, azul e laranja) a R$ 60,00 inteira e R$ 30,00 meia entrada.

A arquibancada amarela será utilizada em um projeto desenhado pela gestão Casares durante a campanha eleitoral e foi chamado de “Setor Popular”. O ingresso para o setor será de R$ 20,00.

Entre o dia 15 de outubro e o dia 1 de novembro, o clube também abaixou os ingressos. Com o duelo contra o Corinthians no dia 18/10 e 50% da capacidade liberada (segundo o planejamento do governo do estado), o clube decidiu colocar o tiquete de arquibancada no valor de R$ 90,00 inteira e R$ 45,00 a meia entrada.

O torcedor que pensa em ir ao estádio, precisará seguir os protocolos de segurança. para o primeiro jogo, o clube decidiu adotar um sistema de check-in. O clube disponibilizou dois pontos (Praça Roberto Gomes Pedrosa e Ginásio Ibirapuera) para o procedimento, porém, os torcedores utilizaram as redes sociais para reclamar da burocracia para ter acesso aos ingressos.

Além do check-in, o torcedor também precisará de:

  • Comprovante de vacina – duas doses da vacina Coronavac, Astrazeneca ou Pfizer, ou dose única da Janssen)
  • Apresentação de teste para torcedores que tomaram apenas uma dose das vacinas Coronavac, Astrazeneca ou Pfizer. O teste pode ser PCR (com 48h de antecedência ao jogo) ou um teste de antígeno (com 24h de antecedência ao jogo)

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe o que de melhor acontece no São Paulo FC
Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Betmotion
Conheça a nossa Loja

Post anteriorSão Paulo conhece adversário da semifinal do Paulistão
Próximo PostSão Paulo se recupera e vence o CATS por 3×2 no ginásio do Morumbi
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.