Diego Costa exalta o São Paulo e o CFA Cotia.
Foto: Reprodução

O zagueiro Diego Costa tem apenas 22 anos e já está há um bom tempo nos profissionais do São Paulo. Este ano de 2022 tem sido especial para o atleta, não apenas pela sequência de jogos como titular, mas pelos elogios e confiança do técnico Rogério Ceni. Cria da divisão de base do clube, Diego se diz em casa no Morumbi e exalta o CFA de Cotia.

Os números de Diego Costa impressionam. Ele é o líder do São Paulo em diversas estatísticas e esse fato foi destacado pelo perfil do Paulistão, em postagem recente. Veja abaixo ou clique aqui.

Além disso, ele é o zagueiro com maior nota na competição pelo índice do SofaScore Brasil. Veja abaixo ou clique aqui.

Diego Costa exalta o São Paulo e o CFA Cotia

Em entrevista ao Lance!, o camisa 4 do São Paulo demonstrou muito carinho pelo clube. Além de ressaltar que se sente em casa e não pensa em sair ao ser questionado sobre o futuro da carreira, Diego apontou que o CFA Cotia é referencial mundial na formação de jogadores.

Eu penso em estar no São Paulo. Penso somente aqui. Quero estar aqui hoje, quero jogar com o São Paulo, quero estar com a camisa vestindo, quero jogar no Morumbi. Não penso em outra coisa a não ser estar no São Paulo. O São Paulo é a minha casa. Eu me sinto bem, eu me sinto feliz e tenho boas expectativas para este ano“, disse Diego.

Sobre Cotia:

Cotia é o melhor centro de treinamento de base do mundo. Lá eu aprendi não só como capitão, mas como ser humano e jogador. Cheguei aqui muito bem preparado psicologicamente. Dentro de campo, tem que saber lidar com as críticas e elogias. Todo jogo é importante. Essa passagem em Cotia foi muito importante para eu chegar aqui e hoje estar conseguindo jogar bem e ter sequência“, afirmou o defensor.

Confira a entrevista completa abaixo. Ou clique aqui.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorHudson diz não entender empréstimo do São Paulo em 2017: “Ceni queria um extremo rápido, o Neilton”
Próximo PostCom novo reforço e jogadores da base, São Paulo completa lista para a primeira fase do Paulistão
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.