Foto: São Paulo FC

O volante Hernanes, que rescindiu o seu contrato com o São Paulo no sábado (17), ainda não definiu por qual clube seguirá sua carreira.

Publicidade

O motivo pelo qual o Profeta deixou o Tricolor foi a falta de oportunidades para atuar na equipe de Hernán Crespo. Ele entende que ainda consegue jogar em um bom nível, mas precisa de um time que tenha um esquema tático que o favoreça. Dois clubes da Série A do Campeonato Brasileiro já falaram sobre uma possível contratação do jogador.

O Cuiabá, que subiu para a elite do futebol nacional nessa temporada, o quis como reforço, porém o técnico Jorginho disse ao globoesporte.com que o vetou por conta de sua idade:

Recebi uma ligação de uma pessoa ligada ao Hernanes, eu expliquei a nossa situação, nós temos um grupo que a idade média é bem alta, estamos tentando baixar essa média de idade. Eu gosto muito do Hernanes, foi um jogador nosso na Seleção“, disse.

Outra justificativa do técnico cuiabano foi a de que o elenco do time mato-grossense já tem muitos jogadores para a função de volante:

Temos cinco volantes nessa função. Volante, segundo volante, que é basicamente o que o Hernanes faz. Diante do que temos no elenco, se não tivéssemos tantos jogadores acima de 30 anos, com certeza a gente faria a escolha pelo Hernanes“, explicou.

Quem também mostrou interesse pelo futebol do Profeta foi o Sport, que já havia sinalizado isso no início da temporada. Ainda de acordo com o GE, o Leão sondou o ex-camisa 15 são-paulino, mas adotou cautela nesse primeiro momento, pelo menos nas palavras de Nelo Campos, vice-presidente de futebol:

Hernanes é um grande jogador. Todo grande jogador interessa ao Sport, mas temos que saber até onde o Sport pode ir. Para depois não contratar e terminar onde estamos agora“, afirmou ao Nelo.

Aqui no Brasil, além do São Paulo, Hernanes só jogou pelo Santo André. Nascido em Recife, o Sport poderia ser uma maneira de jogar por um clube de sua cidade natal.

Fonte: Globo Esporte e Globo Esporte

Publicidade