Souza faz críticas aos jogadores do São Paulo
Foto: Reprodução / TV Band

O ex-jogador de futebol e atual comentarista esportivo Souza, apostou no programa ‘Donos da Bola’, da TV Band, que se o São Paulo perdesse para o Botafogo ele rasparia a cabeça e tiraria o cavanhaque.

Com a derrota do Tricolor por 1×0, ele cumpriu a promessa e disse:

“Fui corajoso demais. Sabe o que me deixa mais indignado? Quando trouxeram o Crespo, eu fui contra e a rede social explodiu, dizendo que eu tenho que apoiar. Apoiar o quê? Que vergonha. Os caras perderam para um time com quatro vitórias no campeonato inteiro. Em 38 rodadas, ganharam cinco jogos, isso não existe. E a gente tem que vir aqui defender jogador de futebol?”.

Souza ainda disse que que sentiu vergonha do desempenho do time e disse que o Muricy Ramalho terá muito trabalho como coordenador de futebol do time.

“Vão matar o Muricy. Se o Muricy saiu do futebol por causa do coração dele, ele vai ter mais trabalho (na diretoria). Vão matar o Muricy. Daqui a pouco, ele vai pegar o boné e vai embora. Não é nem pela derrota para o Botafogo, é pelo jeito que foi. Se não fosse o Volpi, seria uns cinco. O São Paulo não teve volume de jogo nenhum contra um Botafogo morto e ainda teve um pênalti. Hoje, como são-paulino, eu estava com vergonha”.

Confira:

Foto: Reprodução / TV Band