Foto: Reprodução / ESPN

A primeira derrota da história do São Paulo para uma equipe da Argentina jogando no Morumbi, pela Copa Libertadores, pode trazer consequências desastrosas para a sequência do clube no torneio.

O revés diante do Racing por 1 a 0 coloca em xeque a estratégia da comissão técnica do treinador Hernán Crespo, que optou por usar reservas na competição internacional para avançar até a final do Campeonato Paulista. Em entrevista ao final da partida, o goleiro Tiago Volpi falou do mau resultado:

Agora já foi, já passou. Focar no que tem pela frente, final do Campeonato Paulista na quinta e no domingo, e na semana que vem garantir a nossa classificação na Libertadores“, comentou.

O receio entre a torcida é ficar na segunda colocação do grupo e pegar uma equipe que se classificou em primeiro para as oitavas de final, o que em tese indica um adversário mais complicado. Para Volpi, o importante é passar de fase, independentemente da posição:

Eu não vejo diferença entre classificar em primeiro ou segundo. É uma competição de times muito qualificados. Independente se classificar em primeiro ou em segundo o adversário das oitavas vai ser difícil“, completou.

O São Paulo avançará na Libertadores se vencer o Sporting Cristal, na terça-feira (25) da semana que vem, no Morumbi. Outro resultado que pode favorecer o Tricolor é o Rentistas não vencer os peruanos em jogo que ocorre nesta quarta-feira (19).

Confira a classificação do Grupo E:

Post anteriorSão Paulo joga mal e perde a primeira partida depois de 14 jogos
Próximo PostImprensa argentina classifica como um grande triunfo a vitória do Racing sobre o SPFC
Formado em jornalismo pela Faculdade das Américas. Sempre amei escrever e sempre amei o São Paulo Futebol Clube. Essas duas paixões me motivam a produzir conteúdo sobre o meu time do coração. Mas eu também gosto de falar política, história e entretenimento. Porém, já aviso que minhas opiniões não são simples a respeito de nada. O mundo é complexo e eu não sou diferente.